Agostino Cantù

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Paolo Agostino Cantù (Milão, 24 de abril de 1878São Paulo, 27 de dezembro de 1943) foi um maestro italiano radicado no Brasil[1].

Chegou ao Brasil em 1908 contratado pelo recém-criado Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e formou dezenas de pianistas e compositores eruditos brasileiros, como Francisco Mignone, Savino De Benedictis e João de Sousa Lima.

Seu nome foi dado a uma rua do bairro do Butantã, em São Paulo (Rua Agostinho Cantu).

Referências

  1. «Catálogo/Dicionário da Literatura para o Curso Superior de Piano». Consultado em 20 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2015 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

CENNI, Franco - Italianos no Brasil, Andiamo in 'Merica. São Paulo: EDUSP, 1958 ISBN 8531406714, ISBN 9788531406713
Ícone de esboço Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.