Akazukin Chacha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Akazukin Chacha
赤ずきんチャチャ
Informações gerais
Géneros Comédia romântica, fantasia, mahō shōjo
Mangá
Escrito por Min Ayahana
Ilustrado por Min Ayahana
Editoração Shueisha
Revistas Ribon
Demografia Shōjo
Período de publicação 1991 – 2000
Volumes 13
Anime
Realização Hatsuki Tsuji
Estúdio de animação Gallop
Emissoras de televisão originais TV Tokyo
Período de exibição 7 de janeiro de 1994 30 de junho de 1995
Episódios 74
OVA
Realização Hatsuki Tsuji
Lançamento 6 de dezembro de 1995
Episódios Gallop
Mangá
Akazukin Chacha N
Escrito e ilustrado por Min Ayahana
Editoração Shueisha
Revistas Cookie
Demografia Shōjo
Período de publicação 2012 – em publicação
Jogo
Desenvolvimento Tomy
Distribuição/
Licenciamento
Tomy
Plataformas Game Boy
Data de lançamento
  • JP 28 de abril de 1995
Jogo
Desenvolvimento Tomy
Distribuição/
Licenciamento
Tomy
Plataformas Super Famicom
Data de lançamento
  • JP 9 de agosto de 1996
Jogo
Akazukin Chacha: Osawagase! Panic Race!
Desenvolvimento NEC Home Electronics
Distribuição/
Licenciamento
NEC Home Electronics
Plataformas PC-FX
Data de lançamento
  • JP 25 de outubro de 1996
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Akazukin Chacha (赤ずきんチャチャ? lit. "A Capuchinho Vermelho Chacha") é uma série de manga shōjo escrita por Min Ayahana. Foi publicada pela Shueisha na Ribon entre 1991 e 2000 e foi coletada em treze volumes tankōbon. Uma adaptação em anime pela Gallop foi exibida pela TV Tokyo entre 7 de janeiro de 1994 e 30 de junho de 1995.[1] A série foi seguida por uma sequela de OVAs de três episódios, lançados entre 6 de dezembro de 1995 e 6 de março de 1996.[2]

Em 2011, um manga one-shot intitulado Akazukin Chacha N foi publicado entre maio de 2011 e janeiro de 2012 na revista Cookie, onde tornou-se uma série mensal.[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A série conta as aventuras da rapariga mágica chamada Chacha (チャチャ?), uma aprendiz de mago que vive com seu professor Seravy (セラヴィー?), numa casa de campo na Montanha Mochi-mochi. Chacha sempre se atrapalha na hora de lançar seus feitiços, e vive a confundir com frequência os homónimos, convocando aranhas (kumo, 蜘蛛) em vez duma nuvem (kumo, 雲).

Num belo dia, Chacha, acompanhada por seus amigos Shiine e Riiya, partem em busca de sua verdadeira identidade e sua verdadeira família. Para combater os perigos que encontram no caminho, eles utilizam um acessório para fazer Chacha se transformar na Magical Princess (マジカルプリンセス lit. "Princesa Mágica"?).

Média[editar | editar código-fonte]

Manga[editar | editar código-fonte]

Akazukin Chacha foi escrita e ilustrada por Min Ayahana, e publicada em noventa e quatro capítulos pela Shueisha na revista de manga shōjo Ribon entre 1991 e 2000 e coletada em treze volumes tankōbon. Em 2006, a série foi reeditada em nove volumes bibliotecários com novas capas. O manga foi relançado em 2012 com um novo título Akazukin Chacha N (漫画:赤ずきんチャチャN?), cuja versão é ambientada na região atual de Tóquio.[3]

Volumes[editar | editar código-fonte]

Data de lançamento ISBN
1 Fevereiro de 1993ISBN 4-08-853650-9
2 Outubro de 1993ISBN 4-08-853694-0
3 Maio de 1994ISBN 4-08-853732-7
4 Outubro de 1994ISBN 4-08-853759-9
5 Março de 1995ISBN 4-08-853786-6
6 Agosto de 1996ISBN 4-08-853810-2
7 Março de 1996ISBN 4-08-853846-3
8 Janeiro de 1997ISBN 4-08-853897-8
9 Janeiro de 1998ISBN 4-08-856059-0
10 Dezembro de 1998ISBN 4-08-856115-5
11 Novembro de 1999ISBN 4-08-856174-0
12 Maio de 2000ISBN 4-08-856205-4
13 Setembro de 2000ISBN 4-08-856226-7

Anime[editar | editar código-fonte]

A adaptação em anime foi feita pela TV Tokyo e Nihon Ad Systems e animada pelo estúdio Gallop. A série foi dirigida por Shoki Tsuji, com a música composta por Osamu Tezuka e Toshihiko Sahashi e os desenhos dos personagens feitos por Hajime Watanabe. Foi transmitida pela TV Tokyo entre 7 de janeiro de 1994 e 30 de junho de 1995. O tema de abertura foi "Kimi-iro Omoi" (君色思い?) interpretado por SMAP durante a transmissão original, e por Shoko Sawada no DVD. A série teve três temas de encerramentos: O primeiro foi "Egao ga Sukidakara" (笑顔が好きだから?) interpretado por Shoko Sawada e exibido durante os episódios 1–31, o segundo "Chacha ni Omakase" (チャチャにおまかせ?) interpretado por Masami Suzuki, Tomo Sakurai, e Mayumi Akado durante os episódios 32–56, e o terceiro e último "Youkoso Magical School e" (ようこそマジカル·スクールへ Youkoso Majikaru Sukuuru e?) interpretado por Masami Suzuki e Magical Study durante os episódios 57–74.

OVAs[editar | editar código-fonte]

A série foi seguida por uma sequela de OVAs de três episódios produzidos pela Gallop, e lançados entre 6 de dezembro de 1995 e 6 de março de 1996. O tema de abertura dos três episódios foi "Make Me Smile", e o tema de encerramento foi "Negai wa Hitotsu" (願いはひとつ?), ambos interpretados por Yuki Matsuura.

Jogos eletrónicos[editar | editar código-fonte]

Akazukin Chacha foi adaptada em três jogos de vídeo:

  • Akazukin Chacha (赤ずきんチャチャ?) (Game Boy, Tomy, 1995)[4]
  • Akazukin Chacha (赤ずきんチャチャ?) (Super Famicom, Tomy, 1996)[5]
  • Akazukin Chacha: Osawagase! Panic Race! (赤ずきんチャチャ お騷がせパニックレース?) (PC-FX, NEC Home Electronics, 1996)[6]

Referências

  1. «赤ずきんチャチャ(1994)». Allcinema (em japonês). Stingray. Consultado em 7 de janeiro de 2016 
  2. «赤ずきんチャチャ(1995)». Allcinema (em japonês). Stingray. Consultado em 7 de janeiro de 2016 
  3. a b «Red Riding Hood Cha Cha Manga Returns as Monthly Series» (em inglês). Anime News Network. 25 de maio de 2012 
  4. «Akazukin ChaCha» (em inglês). GameFAQs. Consultado em 7 de janeiro de 2016 
  5. «Akazukin ChaCha» (em inglês). GameFAQs. Consultado em 7 de janeiro de 2016 
  6. «Akazukin ChaCha: Osawagase Panic Race» (em inglês). GameFAQs. Consultado em 7 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]