Alexander Schapiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alexander Schapiro (1882-1946) foi um escritor anarcossindicalista russo e militante ativo no movimento anarquista internacional.[1]

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Schapiro nasceu em 1882, em Rostov do Don, e quando criança foi levado para a Turquia, onde freqüentou a escola francesa em Istambul.[2] Como resultado, ele podia falar o russo, francês e turco, e viria a dominar o alemão e inglês.[2] Com a idade de onze anos, ele estava estudando as obras de anarquistas teóricos como Piotr Kropotkin, Jean Grave e Élisée Reclus.[2] Depois de estudar biologia na Universidade de Paris, em Paris, com a intenção de iniciar a carreira na medicina, foi forçado a abandonar os estudos por razões financeiras,[2] unindo-se ao seu pai em Londres, onde se envolveram ativamente na Federação Anarquista Londrina.[1]

Londres e ativismo internacional[editar | editar código-fonte]

Em Londres, ele foi membro da Arbeter Fraynd,[3] e delegado da Federação Judaica Anarquista de Londres no Congresso Internacional Anarquista de Amsterdã de 1907 ,[1] no qual foi eleito um dos três secretários tornando-se um de cinco membros do novo Departamento Internacional.[4] Ele foi um dos signatários do Manifesto Internacional Anarquista contra a Primeira Guerra Mundial, publicado em Londres, em 1915.[5] [6] Foi secretário no ramo Londrino da Cruz Negra Anarquista, que fornecia ajuda principalmente aos anarquistas presos na Rússia, trabalhando ao lado de Peter Kropotkin, Varlaam Cherkezov e Rudolf Rocker.[7]

Em seguida da Revolução de Fevereiro de 1917, Schapiro retornou à Rússia começando a trabalhar no jornal Golos Truda (A Voz do Trabalho), buscando revigorar o movimento anarcossindicalista russo.[1]

Anos na Rússia[editar | editar código-fonte]

Schapiro tornou-se um dos muitos anarquistas russos que colaboraram com o governo bolchevique na crença de que ele pode ajudar a melhorar as condições da classe trabalhadora; ele aceitou cargos no Comissariado Para Assuntos Judeus e, posteriormente, no Comissariado dos Negócios Estrangeiros.[1] [8] [9] Depois de alguns anos a serviço do regime bolchevique, mas protestando contra a perseguição e prisão de anarquistas, ele optou por ir para o exílio em 1922.[1] Em seguida participou ativamente do ressurgimento na anarcossindicalista Associação Internacional dos Trabalhadores (IWA), criada na época principalmente para organizar auxilio para os anarquistas presos na Rússia.[1]

Ele trabalhou no jornal russo Rabochii Put' (A Voz dos Trabalhadores), com Gregory Maksimov enquanto em Berlim, antes de seguir para a França, onde continuou a trabalhar com a IWA e editado outro jornal anarcossindicalista, La Voix du Travail (A Voz do Trabalho). Schapiro deixou a Europa para Nova York, onde permaneceu um ativista incansável pela causa dos presos políticos russos até sua morte em 1946.[1] [8]

Referências

  1. a b c d e f g h Robert Graham (28 junho 2008). Alexander Schapiro - Anarchosyndicalism and Anarchist Organization. Robert Graham's Anarchism Weblog. Página visitada em 20 março 2009.
  2. a b c d Avrich, Paul. The Russian Anarchists. Stirling: AK Press, 2006. p. 138. ISBN 1-904859-48-8
  3. . [S.l.: s.n.]. ISBN 1-904859-27-5
  4. Woodcock, George. Peter Kropotkin: From Prince to Rebel. Montréal: Black Rose Books, 1990. p. 385. OCLC 21156316 ISBN 0-921689-60-8
  5. Graham, Robert. 'Anarchism: a Documentary History of Libertarian Ideas: from Anarchy to Anarchism'. Montréal: Black Rose Books, 2005. ISBN 1-55164-250-6
  6. 'Freedom: a Hundred Years, October 1886 to October 1986'. London: Freedom Press, 1986. p. 21. ISBN 0-900384-35-2
  7. Hart, Matthew. . "Yelensky's fable". Organise! (60).
  8. a b Porter, David. Vision on Fire. Stirling: AK Press, 2006. p. 37. ISBN 1-904859-57-7
  9. Woodcock, George. Peter Kropotkin: From Prince to Rebel. Montréal: Black Rose Books, 1990. p. 349. OCLC 21156316 ISBN 0-921689-60-8

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Anarquismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.