alfa-Etiltriptamina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Alfa-Etiltriptamina
Alerta sobre risco à saúde
AET.svg
Alpha-Ethyltryptamine-3d-sticks.png
Nome IUPAC 1-(1H-indol-3-yl)butan-2-amine
Outros nomes 3-(2-aminobutyl)indole
Identificadores
Número CAS 2235-90-7
PubChem 8367
DrugBank DB01546
ChemSpider 8064
SMILES
InChI
1/C12H16N2/c1-2-10(13)7-9-8-14-12-6-4-3-5-11(9)12/h3-6,8,10,14H,2,7,13H2,1H3
Propriedades
Fórmula química C12H16N2
Massa molar 188.27 g mol-1
Ponto de fusão

222

Farmacologia
Classificação legal


Schedule I (US)

Página de dados suplementares
Estrutura e propriedades n, εr, etc.
Dados termodinâmicos Phase behaviour
Solid, liquid, gas
Dados espectrais UV, IV, RMN, EM
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

alfa-Etiltriptamina (αET/AET), também conhecida como etriptamina, é um psicodélico, estimulante e empatógeno da classe das triptaminas.

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente acredita-se que exerciar seus efeitos predominantemente via inibição da monoamina oxidase, alfa-etiltriptamina foi desenvolvida durante a década de 1960 como um antidepressivo pela empresa química Upjohn[1] nos Estados Unidos sob o nome comercial Monase, mas foi retirada de utilização comercial devido a uma incidência de agranulocitose.[2]

Farmacologia[editar | editar código-fonte]

αET é estrutural e farmacologicamente relacionada a α-metiltriptamina (αMT), mas seus efeitos são levemente diferentes. Em contraste a αMT, αET é menos estimulante e psicodélica, seus efeitos assemelham-se mais aqueles dos entactógenos como a metilenodioximetanfetamina (MDMA/ecstasy).

Referências

  1. US Patent 3296072 - Method of Treating Mental Depression
  2. α-ET TiHKAL entry • Erowid.