Alfredo Metidieri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alfredo Metidieri
Nascimento 8 de março de 1919
Votorantim, São Paulo
Morte 17 de agosto de 2015
Sorocaba, São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Iolanda Peinado Metidieri
Ocupação Empresário e dirigente desportivo

Alfredo Metidieri (Votorantim, 8 de março de 1919 - Sorocaba, 17 de agosto de 2015)[1] fundou e comandou por várias décadas a Indústria Metidieri de Tecelagem, uma das mais importantes na região de Sorocaba. Foi presidente do Esporte Clube São Bento por duas vezes e Presidente da Federação Paulista de Futebol entre 1976 até 1978. Foi uma personalidade muito importante de Sorocaba como líder industrial e esportista, filantropo e incentivador cultural[2][3].

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filho de Domenico Metidieri e Flora Perich, Alfredo Metidieri tinha onze irmãos e teve uma infância relativamente humilde tendo que trabalhar desde cedo, ajudando seus pais nos trabalhos ao mesmo tempo frequentava a escola. Dos 12 aos 17 anos, Alfredo trabalhava pela manhã na empresa Votorantim como tecelão. Cursou contabilidade enquanto trabalhava como balconista. Mais tarde, em virtude de problemas respiratórios, voltou a trabalhar com os pais na lavoura. Entre 1940 até 1945 serviu as Forças Armadas, aposentando-se como tenente. Não foi convocado à participar da Segunda Guerra Mundial.

No fim da década de 50 comprou, junto com seu sogro Luiís Peinado, teares velhos da Fábrica São Pedro de Itu e fundou a Indústria Têxtil Metidiéri, que mais tarde veio a se tornar uma das mais importantes do interior paulista. Em 1975 a empresa tinha cerca 1.350 trabalhadores. Dois anos depois, funcionavam na empresa 240 teares, cuja produção era voltada tanto para o mercado interno quanto externo. Em 1977, vendeu a empresa.

Promoveu vários eventos artísticos, feiras agropecuárias e industriais, destacando o nome da cidade e da região em todo o Estado de São Paulo. Foi presidente da Lions Club e fundou a Guarda Mirim de Sorocaba . Foi casado por mais de 60 anos com Iolanda Peinado Metidieri, teve três filhos, 10 netos e cinco bisnetos.[4]

Futebol[editar | editar código-fonte]

Alfredo sempre teve admiração aos esportes, apesar de nunca ter se tornado um atleta, encontrou na administração esportiva uma de suas vocações. Em 1956 iniciou a sua carreira como esportista, tornando-se Conselheiro do Esporte Clube São Bento[5], o qual participou ativamente por 35 anos, dos quais por duas oportunidades foi presidente, 15 anos no total. Influente e participativo, tornou-se em 1976 Presidente da Federação Paulista de Futebol, por indicação de um grupo formado por lideranças dos treze clubes menos representativos da série principal (clubes do interior).

Passados já mais de 30 anos que deixou a presidência da FPF, ainda é lembrado por sua exímia administração que mudou o conceito do Futebol Paulista, sendo muito homenageado até hoje. A frente da Federação por dois anos, fez com que os estádios voltassem a lotar, inventou uma nova tabela de jogos e além de disputar o Campeonato Paulista, os clubes ainda tinham a oportunidade de conquistar mais dois títulos, a Taça São Paulo e Taça Cidade de São Paulo. Deixou a Federação Paulista após perder a reeleição.[2][4] Alfredo Metidieri faleceu em Sorocaba aos 96 anos [6].

Referências

  1. Jornal Cruzeiro do Sul. «www.jornalcruzeiro.com.br/materia/632527/comendador-alfredo-metidieri-falece-aos-96-em-sorocaba». Consultado em 12 de setebro de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b Que Fim Levou. «Alfredo Metidieri». Consultado em 17 de fevereiro de 2013 
  3. Jornal Cruzeiro do Sul. «Alfredo Metidieri». 17/03/2012. Consultado em 17 de fevereiro de 2013 [ligação inativa]
  4. a b Jornal Ipanema. «Alfredo Metidieri». Consultado em 17 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 12 de abril de 2015 
  5. Jornal Cruzeiro do Sul. «Preto no branco». Consultado em 6 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  6. globoesporte.com. «Ex-presidente da Federação Paulista, Alfredo Metidieri morre aos 96 anos». Consultado em 12 de setembro de 2015