Alma Latina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Alma Latina: música das Américas sob domínio europeu foi uma série de 13 programas semanais idealizados e apresentados na Rádio Cultura FM de São Paulo (103,3 MHz) por Paulo Castagna em 2012, que abordou, criticamente, a música composta nas Américas, de meados do século XVI a inícios do século XIX, destinada à cristianização e unificação cultural do Novo Mundo.[1]


Alma Latina: música das Américas sob domínio europeu
Ruínas de São Miguel - St. Michael of the Missions - Rio Grande do Sul - Brazil 14.jpg
Outros nomes Programa da série Ideias Musicais - Cultura FM de São Paulo
Duração 55 a 58 minutos por programa
País  Brasil
Idioma(s) Português
Emissora original Cultura FM de São Paulo (103,3 MHz)
Criador(es) Paulo Castagna
Escritor(es) Paulo Castagna
Produtor(es) Ralf Schwarz
Narrado por Paulo Castagna
Estúdio de gravação Almir Amador
Transmissão original 06/03/2012 – 29/05/2012
N.º de episódios 13
Formato de áudio mp3
Tema de abertura Anônimo boliviano - Ychepe Flauta, com Victor Rondon (flauta doce) e o Sintagma Musicum da Universidade de Santiago do Chile
Website http://culturafm.cmais.com.br/alma-latina-musica-das-americas-sob-dominio-europeu
Podcast https://archive.org/details/AlmaLatina

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os 13 programas semanais de Alma Latina foram idealizados e apresentados por Paulo Castagna na Rádio Cultura FM de São Paulo (103,3 MHz), às terças-feiras, das 11:00 às 12:00 horas da manhã, de 6/3/2012 a 29/5/2012, com produção de Ralf Schwarz e trabalhos técnicos de Almir Amador.[1][2]  Destinada à abordagem crítica da música composta nas Américas para a finalidade de cristianização e unificação cultural do Novo Mundo, de meados do século XVI a inícios do século XIX, a série analisou aspectos importantes do repertório, da política e da história da música nas três Américas, do Canadá ao Chile, mas com destaque para o Brasil.

A série também discutiu o significado e utilização atual da música feita para a unificação cultural do Novo Mundo: entre as possibilidades extremas e mais frequentes – a visão museológica e mercadológica (com a mera gravação, comercialização e apresentação das obras em concertos), e a visão iconoclasta (com seu esquecimento proposital, por simbolizar as crueldades daquela época) – Alma Latina procurou uma nova maneira de ouvir e de se relacionar com esse patrimônio histórico-musical da humanidade.[1]

Alma Latina reuniu, pela primeira vez em um programa brasileiro de rádio, uma quantidade grande de obras originada ao longo das Américas desse período, gravadas nas décadas de 1990 e 2000 por grupos brasileiros e internacionais de destaque, como Ensemble Elyma, Ensemble Turicum, Ensemble Louis Berger, Camerata Renacentista de Caracas, Orquestra Barroca do Festival de Música Antiga de Juiz de Fora, Vox Brasiliensis (responsável pelas gravações de História da Música Brasileira) e vários outros. No que se refere às gravações brasileiras, foi reunido um conjunto significativo de obras compostas principalmente no Nordeste e Sudeste do Brasil, várias delas editadas nos projetos Acervo da Música Brasileira e Patrimônio Arquivístico-Musical Mineiro

Os áudios e roteiros da série foram disponibilizados online no mesmo ano de sua apresentação,[3] no portal da Cultura FM[1] e no Archive.org,[4][5] e os roteiros impressos na Revista Portuguesa de História do Livro,[6] entre 2012-2013.

Episódios de Alma Latina[editar | editar código-fonte]

Episódio 1: Música para a catequese indígena (06/03/2012).[7]

Episódio 2: A sofisticação musical das missões jesuíticas (13/03/2012).[8]

Episódio 3: O canto latino nas catedrais hispano-americanas (20/03/2012).[9]

Episódio 4: Cantando na igreja com a língua da cidade (27/03/2012).[10]

Episódio 5: A exuberância musical nas catedrais da Nova Espanha (03/04/2012).[11]

Episódio 6: Compondo na América para os governantes da Europa (10/04/2012).[12]

Episódio 7: Casas americanas com sons europeus (17/04/2012).[13]

Episódio 8: Músicos profissionais nas irmandades brasileiras (24/04/2012).[14]

Episódio 9: A arte latina de um mulato mineiro (01/05/2012).[15]

Episódio 10: Música sacra para as catedrais do Brasil (08/05/2012).[16]

Episódio 11: Europeus e brasileiros cantam ao rei português (15/05/2012).[17]

Episódio 12: Um compositor afro-brasileiro na capela real (22/05/2012).[18]

Episódio 13: Nos teatros e salões do Brasil português (29/05/2012).[19]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d CASTAGNA, Paulo. «Alma Latina (áudios completos no CMAIS)». Alma Latina: música das Américas sob domínio europeu. Rádio Cultura FM de São Paulo / cmais+ O portal de conteúdo da Cultura. Consultado em 8 de abril de 2016 
  2. «Portal PROPe - Informações Docente - Paulo Augusto Castagna (DM)». www.unesp.br. Consultado em 25 de dezembro de 2017. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2017 
  3. «UNESP: Reitoria - Portal da Universidade». Áudios de programa Alma Latina estão disponíveis para download: série discute música dos séculos XVI, XVII e XVIII composta nas Américas. Consultado em 8 de abril de 2016 
  4. CASTAGNA, Paulo (2012). «Alma Latina (áudios completos)». Alma Latina: música das Américas sob domínio europeu. Archive.org. Consultado em 8 de abril de 2016 
  5. CASTAGNA, Paulo (2012). «Alma Latina (roteiros completos)». Alma Latina. Archive.org. Consultado em 8 de abril de 2016 
  6. CASTAGNA, Paulo (2012–2013). «Alma Latina: música das Américas sob domínio europeu». Lisboa. Revista Portuguesa de História do Livro. ano 15, v.29-30, p.627-654, 2012; ano 16, v.31-32, p.639-673, 2013. ISSN 0874-1336 
  7. CASTAGNA, Paulo (6 de março de 2012). Alma Latina 01/13 (roteiro): Música para a catequese indígena. [S.l.: s.n.] 
  8. CASTAGNA, Paulo (13 de março de 2012). Alma Latina 02/13 (roteiro): A sofisticação musical das missões jesuíticas. [S.l.: s.n.] 
  9. CASTAGNA, Paulo (20 de março de 2012). Alma Latina 03/13 (roteiro): O canto latino nas catedrais hispano-americanas. [S.l.: s.n.] 
  10. CASTAGNA, Paulo (27 de março de 2012). Alma Latina 04/13 (roteiro): Cantando na igreja com a língua da cidade. [S.l.: s.n.] 
  11. CASTAGNA, Paulo (3 de abril de 2012). Alma Latina 05/13 (roteiro): A exuberância musical nas catedrais da Nova Espanha. [S.l.: s.n.] 
  12. CASTAGNA, Paulo (10 de abril de 2012). Alma Latina 06/13 (roteiro): Compondo na América para os governantes da Europa. [S.l.: s.n.] 
  13. CASTAGNA, Paulo (17 de abril de 2012). Alma Latina 07/13 (roteiro): Casas americanas com sons europeus. [S.l.: s.n.] 
  14. CASTAGNA, Paulo (24 de abril de 2012). Alma Latina 08/13 (roteiro): Músicos profissionais nas irmandades brasileiras. [S.l.: s.n.] 
  15. CASTAGNA, Paulo (1 de maio de 2012). Alma Latina 09/13 (roteiro): A arte latina de um mulato mineiro. [S.l.: s.n.] 
  16. CASTAGNA, Paulo (8 de maio de 2012). Alma Latina 10/13 (roteiro): Música sacra para as catedrais do Brasil. [S.l.: s.n.] 
  17. CASTAGNA, Paulo (15 de maio de 2012). Alma Latina 11/13 (roteiro): Europeus e brasileiros cantam ao rei português. [S.l.: s.n.] 
  18. CASTAGNA, Paulo (22 de maio de 2012). Alma Latina 12/13 (roteiro): Um compositor afro-brasileiro na capela real. [S.l.: s.n.] 
  19. CASTAGNA, Paulo (29 de maio de 2012). Alma Latina 13/13 (roteiro): Nos teatros e salões do Brasil português. [S.l.: s.n.]