Amazaspes Mamicônio (mestre dos soldados)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amazaspes Mamicônio
Nacionalidade Armênio
Progenitores Pai: Bardas Mamicônio
Ocupação General
Título

Amazaspes Mamicônio (em armênio/arménio: Համազասպ Մամիկոնյան) foi um oficial armênio do século VI, sobrinho de Simeão Mamicônio e, segundo Christian Settipani e Cyril Toumanoff, filho de Bardas Mamicônio. Após a morte de seu tio (talvez em 530 ou 531) recebeu as vilas que a ele tinham sido concedidas pelo imperador Justiniano (r. 527–565) e tornou-se governador da Armênia bizantina possivelmente como consular da Armênia Magna (consularis armeniae magnae).[1]

Settipani e Toumanoff mencionam-o como mestre dos soldados da Armênia (magister militum per Armeniam).[2][3] Depois foi morto, com aprovação imperial, por seu amigo íntimo Acácio, que afirmou ao imperador que Amazaspes pretendia render Teodosiópolis e outras fortalezas para os persas. Foi sucedido como governador da Armênia por Acácio.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Desconhecido
Governador da Armênia
531/536
Sucedido por
Acácio

Referências

  1. a b Martindale 1992, p. 54.
  2. Settipani 2006, p. 133-138.
  3. Toumanoff 1990, p. 331.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, John Robert; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8 
  • Settipani, Christian (2006). Continuité des élites à Byzance durant les siècles obscurs. Les princes caucasiens et l'Empire du vie au ixe siècle. Paris: de Boccard. ISBN 978-2-7018-0226-8 
  • Toumanoff, Cyril (1990). Les dynasties de la Caucasie chrétienne de l'Antiquité jusqu'au xixe siècle : Tables généalogiques et chronologiques. Roma: Edizioni Aquila