Ana Sátila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ana Sátila
Ama Satila durante as Olimpíadas 2020 no Japão.
Informações pessoais
Nome completo Ana Sátila Vieira Vargas
Modalidade Canoagem Slalom
Nascimento 13 de março de 1996 (25 anos)
Iturama,  Minas Gerais
Nacionalidade Brasil brasileira
Medalhas
Campeonato Mundial de Canoagem Slalom
Ouro Tacen 2020 C1
Ouro Rio de Janeiro 2018 C1
Prata Pau 2017 Extreme K1
Bronze Pau 2017 C1
Jogos Pan-Americanos
Ouro Toronto 2015 C-1
Ouro Lima 2019 Slalom C1
Ouro Lima 2019 K1 Extremo
Prata Toronto 2015 K-1

Ana Sátila Vieira Vargas (Iturama, 13 de março de 1996) é uma canoísta brasileira.

Treinada pelo italiano Ettore Vivaldi,[1] foi, com apenas 16 anos, a mais jovem atleta da delegação brasileira nos Jogos de Londres-2012.[2], campeã mundial júnior em 2014, vice-campeã SUB23 em 2015.

Atualmente uma das melhores canoístas do pais, treina desde os 9 anos, todos os dias pela madrugada, com o pai, Cláudio, que também foi atleta, mas não no mesmo esporte. É estudante de Educação Física.

Em 18 de outubro de 2020, faturou um ouro inédito para a canoagem brasileira na etapa de Tacen, na Eslovénia, ao vencer o C-1.[3]

Número 3 do ranking mundial, Ana Sátila se tornou a primeira mulher do Brasil a chegar à uma decisão olímpica na canoagem slalom. Nos Jogos de Tóquio 2020, ficou na décima e última posição na final, depois de ficar com a marca de 164s71 na sua descida. Ela perdeu 2s numa primeira penalidade na porta 7, e depois perdeu a porta 22, o que aumentou em mais 50s o seu tempo final, que ficou em 164s71. Se não tivesse o desconto da porta que não passou, Ana Sátila seria a quarta colocada na final. [4]

Participação em Olimpíadas[editar | editar código-fonte]

Evento Preliminar
Tempo 1ª descida Posição Tempo 2ª descida Posição Posição geral
Slalom K-1 feminino 179s92 21ª 110s83 13ª 16ª[5]

Referências

  1. Colon, Leandro (23 de julho de 2012). «Caçula da delegação brasileira reclama de saudade dos pais». Esporte. Folha de S.Paulo. Consultado em 23 de dezembro de 2012 
  2. «Ana Sátila comete falhas e deve ficar fora da semifinal na canoagem nas Olimpíadas 2012». Olimpíadas de Londes 2012. R7.com. 30 de julho de 2012. Consultado em 23 de dezembro de 2012 
  3. «Ana Sátila fatura ouro inédito para o Brasil no C1 na Copa do Mundo de canoagem slalom». ge. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  4. Ana Sátila fica sem medalha, mas faz história como primeira mulher finalista na canoagem slalom
  5. Lancepress (30 de julho de 2012). «Brasileira Ana Sátila é eliminada na canoagem slalom». Esporte. Extra Online. Consultado em 23 de dezembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]