Anaxândrides II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Anaxândrides II
Nascimento década de 560 a.C.
Esparta
Morte 520 a.C.
Progenitores
Filho(s) Cleômbroto, Leónidas I, Cleômenes I, Dorieu
Ocupação político
Religião religião na Grécia antiga

Anaxândrides II foi rei da cidade-Estado grega de Esparta de 560 a.C. até 520 a.C. ano da sua morte, pertenceu à Dinastia Ágida.

Anaxândridres foi o único espartano bígamo[1]. Por ser sua mulher, que era filha de sua irmã[2], estéril, os éforos exigiram que ele se separasse dela e arrumasse outra mulher, mas ele se recusou, aceitando ter uma segunda mulher, filha de Primetades, filho de Demarmenos[3]. Desta segunda união nasceu Cleômenes I, e, depois disso, a primeira mulher teve os filhos Dorieu, Leônidas I e Cleômbroto (regente)[1]. Leônidas e Cleômbroto, possivelmente, eram gêmeos[3].

Durante o seu reinado e de Ariston [4] Esparta venceu a guerra contra Tégea[4][5]; isto aconteceu durante o reinado de Creso[4]. Segundo um oráculo, os lacedemônios só venceriam a guerra se trouxessem, para Esparta, os ossos de Orestes[4][6]; um espartano de nome Licas, um cavaleiro aposentado[4], que estava em Tégea durante uma trégua[5] encontrou-os na casa de um ferreiro, de acordo com a descrição dada pelo oráculo de Delfos[4][6][7].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Árvore genealógica baseada em Pausânias:

Leon
Primeira esposa
Anaxândrides II
Segunda esposa
Dorieu
Leônidas I
Cleômbroto (regente)
Cleômenes I

Precedido por
Leão de Esparta
Rei ágida de Esparta
c.560-520 a.C.
Sucedido por
Cleômenes I

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.