André Assis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

André Koch Torres Assis (Juiz de Fora, 11 de agosto de 1962) é um físico brasileiro.

Atualmente atua como professor de física na Universidade Estadual de Campinas, trabalhando com gravitação, eletromagnetismo, cosmologia e história da ciência.

Esses trabalhos, porém, trazem um novo paradigma para a física, que, em mecânica e gravitação, tenta implementar quantitativamente as ideias de Leibniz, Berkeley e Mach a partir dos trabalhos de Weber em eletromagnetismo. Trata-se, na verdade, de uma crítica à mecânica newtoniana e também às teorias da relatividade especial e geral de Einstein.

Assis recebeu o Prêmio Jabuti na categoria "Ciências Exatas" por duas vezes: em 1996 pelo livro "Eletrodinâmica de Weber" e em 2012 pelo livro "Eletrodinâmica de Ampère".[1]

Entre suas obras, destacam-se:

  • Eletrodinâmica de Weber, Editora da Unicamp, Campinas, SP, 1995.
  • Mecânica Relacional, Centro de Lógica, Epistemologia e História das Ciências, Campinas, SP, 1998.
  • Uma Nova Física, Editora Perspectiva, São Paulo, SP, 2002.
  • Eletrodinâmica de Ampère, Editora da Unicamp, SP, juntamente com João Paulo Martins De Castro Chaib

Referências

  1. Karina Toledo (19 nov. 2012). «Livros apoiados pela FAPESP vencem Prêmio Jabuti». Agencia Fapesp 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.