Andrei Markov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrei Markov
Nascimento 14 de junho de 1856 C.G.
Riazan
Morte 20 de julho de 1922 (66 anos)
Petrogrado
Nacionalidade Rússia Russo
Alma mater Universidade Estatal de São Petersburgo
Orientador(es) Pafnuti Tchebychev
Orientado(s) Abram Besicovitch, Nikolai Günter, Veniamin Kagan, Jacob Tamarkin, James Victor Uspensky, Georgy Voronoy
Instituições Universidade Estatal de São Petersburgo
Campo(s) Matemática
Tese 1884: "On Some Applications of Algebraic Continuous Fractions"

Andrei Andreyevich Markov (em russo: Андрей Андреевич Марков; Riazan, 14 de junho de 1856São Petersburgo, 20 de julho de 1922) foi um matemático russo.

Markov formou-se na Universidade Estatal de São Petersburgo em 1878, onde foi professor em 1886. Seus primeiros trabalhos foram limite de integrais e teoria da aproximação.

Depois de 1900 aplicou métodos de frações contínuas, que havia sido iniciada por Pafnuti Tchebychev na teoria da probabilidade. Provou o teorema do limite central.

Sepultura de Markov no Cemitério de Volkovo

Markov é lembrado pelo seu estudo de cadeias de Markov, teve um filho com o mesmo nome dele que nasceu em 9 de setembro de 1903, e também se tornou um matemático de renome. Era meio-irmão de Vladimir Markov.[1]

Sepultado no Cemitério de Volkovo em São Petersburgo.

Referências

  1. «Vladimir Andreyevich Markov (1871-1897)». Consultado em 7 de novembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrei Markov
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.