Antitoxina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O soro heterólogo hiperimune ou antitoxina é produzido através da injeção de um antígeno específico na corrente sanguínea de animais, geralmente cavalos. O sistema imunológico do animal produz os anticorpos contra aquele antígeno, que formarão a base ativa do soro.[1]

Nos EUA, a antitoxina é disponibilizada para o tratamento do botulismo e difteria. A doença do soro pode ser uma complicação da administração deste produto, em virtude de uma reação à proteína do cavalo.

Referências

  1. "Soros heterólogos" no site Vacinas.org.br acessado a 28 de setembro de 2009


Ícone de esboço Este artigo sobre farmácia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.