Antonio Aranda Lomeña

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antonio Aranda Lomeña
Nascimento 1942 (76 anos)
Alma mater Universidade Complutense de Madrid
Ocupação matemático
Empregador Universidade de Navarra
Religião Igreja Católica

Antonio Aranda Lomeña (Córdoba, 1942) é um sacerdote da Prelazia da Santa Cruz e Opus Dei, foi ordenado em 15 de agosto de 1971. Licenciou-se em Matemática pela Universidade Complutense de Madrid (1965) e doutorou-se em Teologia pela Universidade de Navarra em 1972.

Foi professor de Teologia Dogmática na Faculdade de Teologia da Universidade de Navarra desde 1991. É membro correspondente da Real Academia de Doutores e membro do Conselho diretor da Sociedade Mariológica Espanhola.

Foi decano da Faculdade de Teologia da Pontifícia Universidade da Santa Cruz, em Roma, de 1994 a 1998 e diretor das Revistas Scripta Theologica (1989 a 1993) e Annales Theologici (1995 a 1998).

Publicou trabalhos na área de teologia, notadamente sobre teologia trinitária, cristologia trinitária, cristologia e antropologia teológica. Tem se dedicado a estudos na área da teologia espiritual sistemática e sobre o pensamento teológico-espiritual de São Josemaria Escrivá de Balaguer.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • El bullir de la Sangre de Cristo.
  • O Espírito Santo nos Símbolos da Fé
  • Estudos de pneumatologia
  • Trindade e salvação
  • A lógica da unidade de vida
  • Identidade cristã numa sociedade pluralista

Ligação externa[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.