Arborismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Convém, primeiramente, que se trate do âmbito dos conceitos para evitar confusão entre as modalidades “arborismo” e “arvorismo”. Desta forma, considera-se aqui:

arborismo: a prática de escalada em árvores;

arvorismo: passeios em trilhas previamente instaladas em árvores. Neste caso, as árvores servem apenas como torres de suporte para equipamentos fixos, utilizadas em atividades lúdicas, esportivas e turísticas.

Assim, o termo “arborismo”, em sua essência, refere-se à escalada no elemento vivo, a árvore, que é o ponto central de toda a atividade. E pode ser realizada portando-se equipamentos ou não. Entende-se, neste caso, que se utilizados equipamentos, estes são portáteis e não ficam na árvore por mais de algumas horas, durante sua utilização.

Como no arborismo não existem equipamentos instalados, está associada à ideia de pioneirismo em escalada e um maior grau de risco e aventura. Constituindo-se, portanto, em prática que requer conhecimentos específicos como, por exemplo, sobre a natureza e situação de cada espécie de árvore que se pretende escalar, bem como a particularidades ambientais regionais, entre outras.

O arborismo é, essencialmente, uma atividade preservadora das árvores e da natureza. É comumente utilizada por pesquisadores, por coletores de sementes de árvores nativas e também por apreciadores da natureza, em suas atividades esportivas e de lazer em meio à mata. [1]

Arborismo, dependendo dos seus objetivos, um esporte ou atividade física radical preservadora, também utilizada para estudos de fauna e flora das camadas mais altas da floresta.

Arvorismo, por sua vez, é um esporte ou atividade física radical que consiste na travessia entre plataformas montadas no alto das árvores, ultrapassando diferentes tipos de obstáculos como escadas, pontes suspensas, tirolesas entre outras, utilizada no turismo, lazer e recreação;

Terminologia[editar | editar código-fonte]

Por se tratar de um neologismo tão recente, não há registro das palavras nem no VOLP, nem em outros dicionários. Para alguns, as duas formas são perfeitamente corretas e adequadas. Para outros, as regras de derivação na língua portuguesa exigem que os derivados sejam compostos a partir dos radicais das palavras, nesse caso "arbol" ou "arbor", e portanto, "arborismo" seria a forma correta de grafia da palavra. Adicionalmente, "arvorismo" está atrelado ao verbo reflexivo "arvorar-se", e portanto com significado totalmente díspare do esporte radical entre as copas das árvores.

Vale registrar que a introdução do termo "arvorismo" no Brasil foi feito por um francês, praticante do esporte, e com conhecimento limitado da língua portuguesa.

Alguns defensores da possibilidade dupla do termo, afirmam que a palavra árvore vem da palavra latina arbor, arboris. Da palavra já portuguesa árvore, fizeram-se derivados como arvorecer, arvorescência, arvorescente. Só que para a formação de outras palavras, chamadas eruditas, foi-se buscar a raiz latina e se formaram palavras como arborizar, arborização, arborista, arboricultor. No entanto, não se trata de um argumento inquestionável, uma vez que alguns dicionários não apresentam os exemplos citados com a letra "v", emboram citem arborescer, arborescência e arborescente.

Como se vê, o vocábulo arvorismo é formado a partir da palavra portuguesa árvore; já ARBORISMO é formado a partir da raiz latina. Só o uso, ao longo do tempo, vai dizer qual das duas formas irá se firmar, porém como as avenidas são arborizadas e não arvorizadas e utilizamos mais arborização, o mais provável é que fique o "arborismo."

A ABETA - Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura se refere a atividade como Arvorismo. A norma da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 15500 cujo escopo é definir os termos usados nas atividades de turismo de aventura está da seguinte maneira: Arvorismo (arborismo) - locomoção por percursos em altura instalados em árvores ou em outras estruturas. Dentro das atividades de turismo de aventura, o que está se firmando é o termo arvorismo.

Arvorismo consiste em realizar percursos no meio das árvores( geralmente se passa nas alturas ), passando por diversos obstáculos e dificuldades, além de tirolesas. Há parques que fazem percursos de arvorismo para pessoas atravessarem, as vezes separados em níveis de dificuldades. O preço varia muito, mas geralmente fica em torno de 50 reais.

Tradução[editar | editar código-fonte]

  • Inglês - Adventure Park, Tree-Top Adventures, Rope Course, High Ropes.


Referências