Arlindo Rocha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arlindo Rocha e Manuel Pereira da Silva
Estátua de António Ferreira Gomes, bispo do Porto.

Arlindo Rocha (Porto, 23 de Setembro de 19211999) foi um escultor português.

É considerado um pioneiro da escultura abstrata no país, podendo considerar-se ao lado de Jorge Vieira, Manuel Pereira da Silva e Fernando Fernandes (escultor), como uma das personalidades mais influentes do movimento que emancipou a escultura da sua vocação estatuária.

Foi um dos membros do Grupo portuense "Independentes" (década de 1940).

Foi premiado com uma medalha de prata na Exposição Universal de Bruxelas (1958), com o Prémio do Salão dos Novíssimos, de (1959).

Educação[editar | editar código-fonte]

Formou-se em Escultura, na Escola Superior de Belas Artes do Porto, em 1945.

Em 1953, obteve uma bolsa do Instituto de Alta Cultura, para Itália e, em 1959, uma bolsa da BCG para o Egipto e a Grécia e visita os principais Museus da Europa.

Obras seleccionadas[editar | editar código-fonte]

  • Mulher e Árvore (1948).
  • Ciência (1961).
  • A Poesia, O Mar e a Terra, Setubal (1971).
  • D. António Ferreira Gomes, Bispo do Porto (1979).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]