Arlindo Rocha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arlindo Rocha
Nascimento 23 de setembro de 1921
Porto
Morte 1999 (78 anos)
Cidadania Portugal
Alma mater Universidade do Porto
Ocupação escultor

Arlindo Rocha (Porto, 23 de Setembro de 19211999) foi um escultor português.

É considerado um pioneiro da escultura abstrata no país, podendo considerar-se ao lado de Jorge Vieira, Manuel Pereira da Silva e Fernando Fernandes (escultor), como uma das personalidades mais influentes do movimento que emancipou a escultura da sua vocação estatuária.

Foi um dos membros do Grupo portuense "Independentes" (década de 1940).

Foi premiado com uma medalha de prata na Exposição Universal de Bruxelas (1958), com o Prémio do Salão dos Novíssimos, de (1959).

Educação[editar | editar código-fonte]

Formou-se em Escultura, na Escola Superior de Belas Artes do Porto, em 1945.

Em 1953, obteve uma bolsa do Instituto de Alta Cultura, para Itália e, em 1959, uma bolsa da BCG para o Egipto e a Grécia e visita os principais Museus da Europa.

Obras seleccionadas[editar | editar código-fonte]

  • Mulher e Árvore (1948).
  • Ciência (1961).
  • A Poesia, O Mar e a Terra, Setubal (1971).
  • D. António Ferreira Gomes, Bispo do Porto (1979).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]