Asas da Esperança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Asas da Esperança
Álbum de estúdio de Marco Aurélio
Lançamento 1998
Gênero(s) Gospel
Duração 43:36
Formato(s) CD, K7
Gravadora(s) Line Records
Cronologia de Marco Aurélio
Ao Rei dos Reis
(1996)
Recordando
(2000)

Asas da Esperança é o quarto álbum de estúdio do cantor gospel Marco Aurélio, lançado pela Line Records em 1998[1][2].

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Grandes São as Tuas Obras (Jabes Alencar) - 3:12
  2. Abraça o Teu Povo (Marco Aurélio) - 4:11
  3. A Solidão (Edimilson Campos) - 3:38
  4. Asas da Esperança (Eduardo Silva) - 4:21
  5. Paz, Doce Paz (D.P.) - 4:03
  6. Porto Seguro (Mário Fernando) - 4:34
  7. Cântico à Moisés (A.D.D.R.) - 3:41
  8. Jesus Não é o Homem (Eduardo Silva) - 3:19
  9. Tocou-me (D.P.) - 3:43
  10. Caminho de Viver (Ed Wilson/Elvis Tavares) - 4:50
  11. Foi Assim (José Fernandes Menezes) - 4:06

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Produção Executiva: Line Records
  • Produção Musical: Marco Aurélio
  • Arranjos: Jorge Aguiar e Melk
  • Teclados: Jorge Aguiar
  • Baixo: Jorge Aguiar e Melk
  • Violão: Jorge Aguiar e Melk
  • Violão Solo na música "Abraça o Teu Povo": Marco Aurélio
  • Violão Flamenco: Fernando de Larua
  • Acordeon: Agostinho Silva
  • Guitarra: Toney Fontes
  • Sax: Marcos Bonfim
  • Trombone: Robson Olicar
  • Trumpete: Marlon Costa
  • Trumpete na música "Jesus Não é o Homem": Martinez
  • Vocal: Eyshila, Jozyanne, Liz Lanne, Marquinhos Menezes e Robson Olicar
  • Participação Especial: Natanael (na faixa "Tocou-me")
  • Guitarra Steel: Adair Torres
  • Violinos: Maria Cláudia, Paulo Torres, (não identificado), Silvanira Bermudes, Maria Cristina, (não identificado), (não identificado) e (não identificado)
  • Violoncelos: Romildo Weingartner e (não identificado)
  • Violas: Luiza Gomes e Aldo (sobrenome em falta)
  • Técnicos: Edinho, Wagner Pedretti e (não identificado)
  • Apoio Técnico: Flávio (sobrenome em falta)
  • Mixagem: Ernani Maldonado, Edinho e (não identificado)
  • Estúdios: Wile e Hit
  • Fotografia: Sérgio e Cristiana Menezes
  • Programação Visual: Maurício (sobrenome em falta)
  • Cabelo: Zezinho

Referências

  1. «Discografia evangélica Brasileira». Arquivo Gospel. Consultado em 3 de agosto de 2016 
  2. «Marco Aurélio: um intérprete que veio para ficar». Efrata Music. 10 de maio de 2006. Consultado em 20 de março de 2015