Associação Francesa de Informação Científica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Associação Francesa de Informação Científica (AFIS) (em francês, Association française pour l’information scientifique), é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 1968. Publica a revista Science et pseudo-sciences.

Fundação[editar | editar código-fonte]

Vinda da corrente racionalista francesa, esta associação visa “promover a ciência” e “alertar contra as pseudociências”. Fundada com o nome de Agência Francesa de Informação Científica por Michel Rouzé, em 1978 mudou o nome de “Agência” para “Associação” [1][2]. Beneficia do patrocínio científico de vários professores e diretores de pesquisa.

Direção[editar | editar código-fonte]

Depois de Michel Rouzé, a presidência da AFIS foi assegurada por[3] :

Em 2018, a AFIS comprou a editora de livros Book-e-Book, fundada por Henri Broch, especializada na área de zetética (isto é, do ceticismo científico)[4].

Revista[editar | editar código-fonte]

A revista Science et pseudo-sciences é publicada trimestralmente pela AFIS. Além do combate à falsa ciência, sua linha editorial trata de questões relacionadas à responsabilidade social do cientista, ao laicismo, à medicina, à alimentação, à biotecnologia, à energia e à psicanálise.

Referências

  1. «Un demi-siècle de combats contre les pseudo-sciences» (em francês). Association Française pour l’Information Scientifique. 11 de março de 2019 
  2. «Qu'est-ce que l'AFIS ?» (em francês). Association Française pour l’Information Scientifique 
  3. «Qui sommes-nous ?» (em francês). Association Française pour l’Information Scientifique 
  4. «L'AFIS a 50 ans» (PDF) (em francês). Association française pour l’information scientifique. 26 de outubro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]