Astra Oil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Astra Oil é uma empresa belga que comercializa produtos energéticos e presta serviços de transporte, armazenamento e distribuição de combustíveis e seus derivados.[1] No Brasil ficou famosa na área de petróleo, e ganhou notoriedade ao vender a refinaria Pasadena Refinery System Inc para a estatal brasileira Petrobras, sendo considerado pelos críticos como "pior negócio do mundo capitalista", para os brasileiros.[2][3][4][5]

Em 1947, Albert Frère fundou a Transcometal para prestar serviços à indústria do aço. Em 1985, adquiriu a Astra para focar no mercado de petróleo. A companhia hoje opera em dez países.[1]

A compra da refinaria de Pasadena em 2005 por 42 milhões de dólares foi o primeiro grande investimento em refino de petróleo. Pouco mais de dois anos depois, a vendeu para a Petrobras, que gastou 1,18 bilhão de reais no negócio.[1]

Referências

  1. a b c «Quem é Astra Oil, a empresa que vendeu Pasadena à Petrobras». Exame. Abril. 2 de abril de 2014. Consultado em 25 de julho de 2016 
  2. «PF vê ligação entre Operação Lava Jato e compra de Pasadena». R7. 23 de maio de 2015. Consultado em 25 de julho de 2016 
  3. «Delator diz que Delcídio recebeu propina por refinaria de Pasadena». G1. Globo. 16 de outubro de 2015. Consultado em 25 de julho de 2016 
  4. «Na compra de Pasadena, Coutinho foi ateu». O Antagonista. 16 de abril de 2015. Consultado em 25 de julho de 2016 
  5. «Graça Foster diz que compra de Pasadena pela Petrobras 'não foi bom negócio'». iG. Consultado em 25 de julho de 2016