Azurita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o distrito, veja Azurita (Mateus Leme).
Azurita
Azurita
Azurita como um pigmento

A Azurita é um mineral do grupo dos carbonatos com composição química Cu3(CO3)2(OH)2[1][2] (carbonato de cobre hidróxido). Cristaliza no sistema monoclínico,[1][2] apresentando hábito prismático, sendo no entanto mais comum as ocorrências maciças, nodulares e estalactíticas. Possui uma dureza que varia entre 3.5 e 4 na Escala de Mohs[1][2] e peso específico variando entre 3.77[2] e 3.89.

A azurita é encontrada frequentemente em associação com a malaquita, crisocola, brochantita, antlerita, cuprita, cerussita, smithsonita, calcita e dolomita[3], como resultado da alteração e oxidação de minerais de cobre. Pode ser encontrada em porções oxidadas dos filões de cobre. pode ocorrer também nos veios de cobre; que penetram em calcários.[1]

O nome azurita tem origem na palavra árabe para azul. Desde há muito tempo usada como pigmento mineral azul em pinturas.[4][2] Usada também em joias;[2] os melhores espécimes são apreciados por colecionadores de minerais.[2] Atualmente seu uso principal é na produção de cobre.[5]

Pode ser identificada pela efervescência com Ácido clorídrico e sua cor.[1]

Esse mineral pode ser encontrado na Austrália (Queesland), Chile, Estados Unidos (Arizona), Novo México, Romênia, Peru, Canadá, México, Namíbia, Rússia e China[4]. No Brasil ele é encontrado nos estados da Bahia, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pará, Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.[3]

Aspecto Histórico

O início do seu uso ocorreu por volta da IV Dinastia, o seu uso era bastante popular entre as mulheres como maquiagem para pálpebras. Na Europa, o pigmento azul obtido foi considerado bastante importante durante a Idade Média e o Renascimento, devido seu grande uso em pinturas entre os séculos XV e XVI. Essa pigmentação era obtida a partir da trituração e lavagem do mineral.[5]

Azurita e as crenças

No Antigo Egito acreditava-se que a Azurita era um mineral sagrado e por isso era guardada com exclusividade para ser usada por sacerdotisas e sacerdotes. Outros acreditavam que ela era um mineral da cidade perdida de Atlântida. Na China existia a teoria que ela abria caminhos celestiais, já os nativos americanos a usavam para se comunicar com os seus guias espirituais.[6]

Azurita
Propriedades do mineral
Cor Azul profundo, Berlim-blue, azul muito escuro a

pálido

Propriedades Cristalográficas
Sistema Cristalino Monoclínica prismática
Hábito Cristalino prismática tabular, estalagtítico, maciça, equidimensional, terroso, acicular, crostas
Grupo espacial P21/c ou P21/a, ao = 50,109A, bo = 5,8485A, co= 10.345A, β = 92,43°, Z =2
Propriedades ópticas
Índice refrativo nα: 1,730 nβ: 1,758 nγ: 1,838
Birrefrigência 0,108
Propriedades físicas
Densidade 3,7-3,9
Clivagem {011} perfeita, mas interrompida.{100} boa, {110} má
Fratura Muito frágil, produzindo fragmentos conchoidais
Brilho Vítreo, subadamantino a fosco
Tenacidade Quebradiça
Partição não

Referências

  1. a b c d e «Banco de Dados». www.rc.unesp.br. Consultado em 16 de outubro de 2015 
  2. a b c d e f g «Azurita». www.uciencia.uma.es. Consultado em 16 de outubro de 2015 
  3. a b «AZURITA (Azurite)». Museu Heinz Ebert. Consultado em 15 de dezembro de 2021 
  4. a b Oliveira, Altamir Benedicto de. «Petrologia de pegmatitos e sua relação com as pedras preciosas». Consultado em 15 de dezembro de 2021 
  5. a b Barnett, J.R.; Miller, Sarah; Pearce, Emma (junho de 2006). «Colour and art: A brief history of pigments». Optics & Laser Technology (4-6): 445–453. ISSN 0030-3992. doi:10.1016/j.optlastec.2005.06.005. Consultado em 15 de dezembro de 2021 
  6. Conteúdo, Bhalai- (31 de março de 2021). «Azurita: significado, usos e propriedades». Bhalai - Portal de E. Consultado em 15 de dezembro de 2021 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Azurita
Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.