Börte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Börte Ujin foi a principal esposa de Genghis Khan, fundador do Império Mongol.

Poucos fatos históricos são conhecidos sobre sua vida, porém os mongóis têm muitas lendas sobre ela. Junto com Genghis Khan teve como filhos Jochi, Djaghatai, Ogedei e Tolui, além de cinco filhas. Ela decidiu casar-se com Temujin (depois Genghis Khan) com a idade casável de 14 anos. Yesugei, o pai de Temujin, foi morto pelos tártaros, uma tribo rival, em seguida Borte foi raptada pelos merkitas, porém foi salva por seu marido, junto com os exércitos de seus aliados Jamuqa e Toghril Khan.

Pelo fato de ter ficado em cativeiro por nove meses, o nascimento de Jochi logo depois de ter sido resgatada causou muitas dúvidas sobre a verdadeira paternidade de Jochi. fato que se esclareceu ao se revelar uma marca de nascença, identifica a de seu pai Temujin. Então Temujin tornou se o Grande Genghis Khan e sua esposa Börte foi coroada como a grande imperatriz e senhora de todo o mundo Mongol. Segundo alguns registros o casal praticava o enigmático ritual que se chamava: energia criativa sexual, largamente difundido na parte oriental da China,tendo influencia profunda do taoismo de Lao Tzé , tornando se o casal mais poderoso da época.

Relevância histórica[editar | editar código-fonte]

Durante a discussão que iniciou a discórdia entre Gengis Khan e seu irmão-de-sangue, foram suas palavras que impediram o marido de assassiná-lo, escrevendo nova página nos livros de história durante a batalha que se seguiu.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]