Baby Take a Bow

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Baby Take a Bow
 Estados Unidos
1934 • preto e branco • 76 min 
Direção Harry Lachman
Produção John Stone
Roteiro Adaptação:
Phillip Klein
Edward E. Paramore Jr.
História:
James P. Judge
Elenco Shirley Temple
James Dunn
Claire Trevor
Alan Dinehart
Género comédia dramática
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Baby Take a Bow, é um filme de comédia dramática dirigida por Harry Lachman e protagonizada por Shirley Temple e James Dunn.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após passar o tempo servindo Sing Sing, Eddie Ellison (James Dunn) se casa com sua noiva Kay, e os dois acabam tendo uma filha chamada Shirley (Shirley Temple). Eddie ajuda seu amigo e ex-convicto Larry Scott (Ray Walker), que está noivo da professora de dança da Shirley, Jane (Dorothy Libaire), conseguir um emprego de chofér pro seu empresário Stuart Carson (Richard Tucker).

Trigger Stone (Ralf Harolde), que também tinha servido em Sing Sing, furta o colar da Sra. Carson e pede para que Eddie e Larry o venda por ele, mas os dois recusam em fazer isso. O investigador Welch (Alan Dinehart), o homem responsável pela prisão de Eddie, conta a Companhia de Segurança Nacional, que ele suspeita que o chofér foi o responsável pelo furto. Welch também conta a Mr. Carson, dizendo que Larry foi preso inúmeras vezes por furto. Sendo assim, Carson acaba o demitindo.

Tentando escapar da polícia, Trigger entrega o colar a Shirley, que acredita ser um presente de aniversário. Pensando que é um jogo, ela acaba escondendo o colar no bolso da calça de seu pai, mas quando ele descobre que o colar estava em seu bolso, Welch está procurando o colar. Eddie acaba escondendo o colar debaixo do carpete de seu apartamento, mas sem pensar em sua vizinha arrumadeira, Anna, que o encontra. Kay volta para o apartamento, e quando ela ouve toda a história, Welch volta a procurar vasculhando embaixo do carpete mas não acha.

Após Welch sair, Eddie, Larry, Jane e Kay procuram pelo colar no apartamento. Quando Trigger aparece e aponta Eddie com uma arma, Eddie trata de amarrá-lo e levá-lo a polícia. Durante a ausência do pai, Shirley acha o colar em um lixo, no térreo do prédio. Ela iria entregar a Eddie, mas ao invés disso, ela encontra Trigger que pede sua ajuda para libertá-lo. Sendo assim, Trigger mantém Shirley como refém. Trigger escapa e Eddie ao tentar salvar Shirley, acaba levando um tiro de Trigger. Mesmo sem forças, Eddie continua indo atrás de Trigger. Shirley tira o colar do bolso de Trigger, e o detetive Flannigan (James Flavin) diz a ela que receberá 5.000 dólares como recompensa.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
  • O nome do filme é o do mesmo nome da música que Shirley Temple e James Dunn cantaram no filme Stand Up and Cheer.
  • Baseado no sucesso de Little Miss Marker e Stand Up and Cheer, o salário de Shirley foi para 1250 dólares por semana, e o salário de sua mãe como sua mentora foi para 150 dólares por semana.
  • O filme foi banido na Alemanha, por conta da presença de vandalismo no filme.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]