Banco de areia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para para o acúmulo de areia nas praias, veja Barra.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Banco de areia no rio Paraná

Banco de areia consiste no acúmulo de areia no meio de um curso de água (como um rio) ou ao longo da costa marítima.[1]

Sua formação num rio se dá pelo depósito de aluvião, através de braços do rio. Nas praias os bancos podem se formar pelo fluxo e refluxo do mar ou pela ação das ondas. No Mar de Aral os bancos foram se formando devido ao processo de desertificação. Sua formação segue o padrão que os torna assimétricos, já que na parte em que recebe o fluxo da água se torna de inclinação moderada, ao passo que na parte oposta o declive é abrupto. Constitui um obstáculo à navegação, e causa de naufrágios.[2]

Referências

  1. IBG. «Glossário Cartográfico». Consultado em 28 de Julho de 2016. 
  2. Adriano, Sérgio (19 de maio de 2016). «Conhecendo um pouco sobre a Geografia». Consultado em 28 de Julho de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.