Banco do Canadá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bank of Canada
Banque du Canada
Indústria Banco
Fundação Ottawa, 1934
Sede OttawaCanadá
Produtos Serviços de Finança
Website oficial bankofcanada.ca
Notas de rodapé / referências
Moeda: dólar canadense. ($); ISO 4217: CAD

O Banco do Canadá (em inglês: Bank of Canada, em francês: Banque du Canada) é o banco central do Canadá, fundado em 3 de julho de 1934 pelo Banco do Canadá Act. Em 11 de março de 1935 começa efetivamente as suas operações bancárias. É o banco que emite a moeda nacional, o dólar canadense. Sua sede fica em Ottawa.[1] [2][3][4][5][6][7][8]

O Banco do Canadá, sendo um banco central, é de criação recente. Ao longo da história do país não tinha, em princípio, necessidade de criar um banco central. O Banco de Montreal, de fato, cumprido essa tarefa, e do sistema bancário foi operado pelo Bankers Association canadense em colaboração com o governo. No entanto, esta situação mudou com a Grande Depressão de 1929. Muitos acusaram neste período, o sistema bancário de ser responsável por agravar a depressão, um momento de deflação e recessão econômica. Juntamente com os agricultores e pecuaristas, o Banco Royale do Canadá, que queria desmantelar parceria do governo com o Banco de Montreal, apelou à criação de um banco central.

O Primeiro-Ministro, R. B. Bennett, encomendou uma Comissão Real em 1933 para estudar a possibilidade de criar um banco central, emitindo essa uma resolução favorável. A fórmula utilizada foi a de uma empresa privada, sem influência do governo. Mais tarde, em 1938, tornou-se uma Sociedade da Coroa, cujo governador era nomeado pelo governo.

O Banco do Canadá tem sido atribuído como missão manter uma inflação baixa e estável, a política monetária segura e forte, suportando a estabilidade financeira e assegurar a gestão eficiente dos recursos públicos e da dívida pública. O governador é eleito pelo Conselho de Administração do banco para um período de sete anos e não pode ser removido pelo governo.

Governadores do Banco do Canadá[editar | editar código-fonte]

  • Graham Towers (8 de setembro de 1934 – 31 de dezembro de 1954)
  • James Coyne (1º de janeiro de 1955 – 13 de julho de 1961)
  • Louis Rasminsky (13 de julho de 1961 – 1º de fevereiro de 1973)
  • Gerald Bouey (1º de fevereiro de 1973 – 1º de fevereiro de 1987)
  • John Crow (1º de fevereiro de 1987 – 1º de fevereiro de 1994)
  • Gordon Thiessen (1º de fevereiro de 1994 – 31 de janeiro de 2001)
  • David A. Dodge (1º de fevereiro de 2001 – 31 de janeiro de 2008)
  • Mark Carney (1º de fevereiro de 2008 – 3 de junho de 2013)
  • Stephen Poloz (3 de junho de 2013 –)

Referências

  1. «Bank of Canada Act (R.S., 1985, c. B-2)». laws-lois.justice.gc.ca. Consultado em 14 de julho de 2010  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  2. «Who needs a central bank?». bankofcanada.ca. Consultado em 14 de julho de 2010  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  3. «A special type of Crown corporation(1930-39)». bank-banque-canada.ca. Consultado em 14 de julho de 2010  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  4. «The Report of the Royal Commission on Banking and Currency in Canada 1933». scribd.com. Consultado em 14 de julho de 2010  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  5. Bank of Canada: Beads to Bytes: Canada's National Currency Collection. 2008
  6. «TheDepression Years and the Creation of the Bank of Canada(1930-39)» (PDF). bankofcanada.ca. Consultado em 14 de julho de 2010  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  7. George S. Watts Bank of Canada/La Banque du Canada: Origines et premieres annees/Origins and Early History McGill-Queen's University Press
  8. James Powell The Bank of Canada of James Elliot Coyne: Challenges, Confrontation, and Change McGill-Queen's University Press September 23, 2009

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Banco do Canadá