Bandeira da Mauritânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bandeira da Mauritânia
Bandeira da Mauritânia
Proporção 2:3
Adoção 1 de abril de 1959
(versão sem as listras vermelhas)
5 de agosto de 2017
(versão com as listras vermelhas)
Criador Moktar Ould Daddah
Cores
  Verde
  Amarelo
  Vermelho
Tipo Nacional, uso civil, estatal e militar em terra e no mar

A bandeira nacional da Mauritânia é a bandeira oficial da Mauritânia, no noroeste da África. A bandeira original foi adotada em 1 de abril de 1959. Foi introduzida sob as instruções de Moktar Ould Daddah e a posterior constituição de 22 de março de 1959. Em 5 de agosto de 2017, o presidente Mohamed Ould Abdel Aziz realizou um referendo para mudar a bandeira nacional, aboliu o Senado e outras alterações constitucionais. O referendo foi bem sucedido, e as mudanças na bandeira, na forma da adição das duas listras vermelhas, foram adotadas no dia seguinte, em 6 de agosto.

Design[editar | editar código-fonte]

Bandeira antiga da Mauritânia, na sede da ONU.

O verde e o amarelo são considerados, juntamente com as cores vermelhas, pan-africanas. O verde também é usado para simbolizar o Islã e o amarelo para as areias do deserto do Saara. As listras vermelhas, que foram adicionadas à bandeira em 2017, representam "os esforços e os sacrifícios que o povo da Mauritânia continuará a consentir, ao preço do seu sangue, para defender o seu território". A lua crescente e a estrela são símbolos do islamismo, que é a religião da Mauritânia. Alguns escritores também especularam que o verde simboliza um futuro brilhante e um crescimento. Não há nenhuma especificação oficial ou folha de construção para as medidas relativas exatas da estrela e crescente, embora as medidas da bandeira sejam 2:3.

Uso[editar | editar código-fonte]

O design atua como a bandeira nacional da Mauritânia, e também é usado em forma circular como um roundel de aeronave.

Base jurídica[editar | editar código-fonte]

A constituição de 12 de Julho de 1991 especifica que:

O emblema nacional é uma bandeira com uma lua crescente e uma estrela dourada em um fundo verde
Constituição de 12 de julho de 1991

Ao contrário do selo, a bandeira exata é especificada, não apenas o direito de uma lei para especificá-la em uma data posterior. No entanto, a bandeira tem sua base oficial na constituição anterior de 22 de março de 1959; nenhuma mudança foi feita após a declaração de independência do país em 1960.

Proposta de modificação em 2017[editar | editar código-fonte]

Um referendo em 5 de agosto de 2017, programado pelo presidente Mohamed Ould Abdel Aziz, contém, entre outras alterações constitucionais, uma modificação da bandeira nacional. Seriam adicionadas duas bandas vermelhas, uma na parte superior e outra na inferior, para simbolizar o derramamento de sangue na busca do país pela independência da França.

Bandeiras[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bandeira da Mauritânia