Barbara Dainton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde março de 2014)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Barbara Dainton
Nome completo Barbara Joyce Dainton
Nascimento 24 de maio de 1911
Bournemouth, Inglaterra
Morte 16 de outubro de 2007 (96 anos)
Truro, Cornualha, Inglaterra
Nacionalidade Inglaterra
Progenitores Mãe: Ada Worth
Pai: Edwy West

Barbara Joyce Dainton (Bournemouth, 24 de maio de 1911Truro, 16 de outubro de 2007) uma das duas últimas sobreviventes do naufrágio do Titanic em 1912.

História[editar | editar código-fonte]

Naufrágio[editar | editar código-fonte]

Bárbara tinha um ano e um mês de idade quando embarcou no Titanic juntamente com seu pai Edwy, sua mãe Ada e sua irmã Constance no dia 10 de abril de 1912.

Demasiadamente nova para recordar da noite do naufrágio, sabe-se que seu pai acenou para Bárbara, sua mãe Ada e sua irmã Constance enquanto o bote era abaixado para o oceano escuro daquela noite, de acordo com Karen Kamuda da Sociedade Histórica Titanic em Indian Orchard, Massachusetts. O corpo de Edwy Arthur West, pai de Bárbara, nunca foi identificado.

Barbara Dainton retornou a Inglaterra após o acidente e casou-se em 1952. Como vários sobreviventes, Barbara também evitou a publicidade relacionada ao naufrágio do Titanic.

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Morreu aos 96 anos de idade no dia 16 de outubro de 2007, uma terça-feira, em uma casa de repouso em Camborne, Inglaterra, de acordo com Peter Visick, um parente distante. Seu funeral foi realizado segunda-feira na Catedral de Truro, pois insistiu que seu funeral ocorresse antes de todo o anúncio público de sua morte. Após o falecimento, a presidente da Sociedade Histórica Titanic, Karen Kamuda, declarou:

«Nós respeitamos sua privacidade (...) Nós somos assim, falamos sobre nossas emoções e sobre nossos dias, mas pessoas daquela época apenas não querem falar sobre o tempo deles, sobre o que aconteceu.»

Após sua morte, restaria ainda Elizabeth Gladys «Millvina Dean», de Southampton, Inglaterra, que tinha 2 meses de idade no dia do naufrágio, como a última sobrevivente restante do desastre. Millvina falece aos 97 anos na tarde do dia 31 de maio de 2009 em Hampshire, no sul da Inglaterra. Agora, o famoso RMS Titanic ficará apenas na memória do público em geral.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.