Batalha de Appomattox Court House

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Batalha de Appomattox Court House
Campanha de Appomattox, Guerra Civil Americana
General Robert E. Lee surrenders at Appomattox Court House 1865.jpg
Uma gravura mostrando Ulysses S. Grant, comandante geral do Exército da União, aceitando a rendição do general confederado Robert E. Lee, em 9 de abril de 1865
Data 9 de abril de 1865
Local Appomattox, Condado de Appomattox, Virgínia
Desfecho Vitória da União; rendição de todo o Exército da Virgínia do Norte
Beligerantes
Flag of the United States (1861-1863).svg Estados Unidos Flag of the Confederate States of America (1865).svg Estados Confederados
Comandantes
Flag of the United States (1861-1863).svg Ulysses S. Grant
Flag of the United States (1861-1863).svg Thomas M. Harris
Flag of the United States (1861-1863).svg George G. Meade
Flag of the United States (1861-1863).svg Philip Sheridan
Flag of the United States (1861-1863).svg Edward O.C. Ord
Flag of the Confederate States of America (1865).svg Robert E. Lee  Rendição (militar)
Flag of the Confederate States of America (1865).svg Henry L. Benning  Rendição (militar)
Flag of the Confederate States of America (1865).svg John Gordon  Rendição (militar)
Forças
63 285 soldados[1] 26 000 soldados[1]
Baixas
164 mortos ou feridos 195 mortos
305 feridos
25 000 se renderam

A Batalha de Appomattox Court House, lutado em Condado de Appomattox, na Virgínia, na manhã de 9 de abril de 1865, foi uma das últimas batalhas de significância travada durante a Guerra Civil Americana (1861–1865). Foi o confronto final entre o general-em-chefe das forças confederadas, Robert E. Lee, e seu Exército da Virgínia do Norte e o Exército do Potomac da União, liderada pelo Comandante Geral do Exército dos Estados Unidos, Ulysses S. Grant.[2]

Lee, tendo a abandonado a capital confederada de Richmond, Virgínia após uma campanha de dez meses no Cerco de Petersburg, recuando para o oeste, na esperança de se juntar ao seu exército com as forças confederadas restantes na Carolina do Norte, com o Exército do Tennessee sob comando do general Joseph E. Johnston. A infantaria e cavalaria da União, lideradas pelo general Philip Sheridan, perseguiu e interrompeu a retirada dos confederados na vila central da Virgínia em Appomattox Court House. Lee lançou um ataque de última hora para romper as linhas das tropas federais à sua frente, assumindo que a força da União consistia inteiramente de cavalaria levemente armada. Quando ele percebeu que a cavalaria inimiga estava agora apoiada por dois corpos de infantaria federal, ele não teve escolha a não ser se render com sua nova avenida de retirada e fuga agora cortada, pois, se não o tivesse feito, suas forças teriam sido dizimadas.[3]

A assinatura dos documentos de entrega ocorreu na salão de uma casa que era propriedade de Wilmer McLean na tarde de 9 de abril. Três dias depois, em 12 de abril, uma cerimônia formal de desfile e o empilhamento de armas liderado pelo major-general confederado John B. Gordon para o general-de-brigada federal Joshua Chamberlain marcou a dissolução do Exército da Virgínia do Norte com a rendição e/ou dispensa de quase 28 000 militares confederados (oficiais e soldados), livres para voltar para casa sem suas armas principais, mas foi permitido que esses homens levassem seus cavalos e os oficiais mantenham suas armas (espadas e pistolas), assim efetivamente encerrando a guerra na Virgínia.[4]

Este evento desencadeou uma série de rendições subsequentes em todo o Sul, na Carolina do Norte, no Alabama e finalmente em Shreveport, Luisiana, no Teatro Trans-Mississippi no oeste em junho, sinalizando o fim da guerra que já se arrastava fazia quatro anos.[4]

Referências

  1. a b «Update to the Civil War Sites Advisory Commission, Commonwealth of Virginia» (PDF). American Battlefield Protection Program. National Park Service, U.S. Department of the Interior. Consultado em 12 de julho de 2019 
  2. Eicher, David J. The Longest Night: A Military History of the Civil War. New York: Simon & Schuster, 2001. ISBN 0-684-84944-5.
  3. Chamberlain, Joshua L. The Passing of the Armies: An Account of the Final Campaign of the Army of the Potomac. New York: Bantam Books, 1993. ISBN 0-553-29992-1. Publicado inicialmente em 1915 por G. P. Putnam's Sons.
  4. a b Eicher, John H. e David J. Eicher. Civil War High Commands. Stanford, CA: Stanford University Press, 2001. ISBN 0-8047-3641-3.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Catton, Bruce. A Stillness at Appomattox. Garden City, NY: Doubleday and Company, 1953. ISBN 0-385-04451-8.
  • Dunkerly, Robert M. To the Bitter End: Appomattox, Bennett Place, and the Surrenders of the Confederacy. Emerging Civil War Series. El Dorado Hills, CA: Savas Beatie, 2015. ISBN 978-1-61121-252-5.
  • Marvel, William. A Place Called Appomattox. Chapel Hill: University of North Carolina Press, 1999. ISBN 978-0-8078-2568-6.
  • Marvel, William. Lee's Last Retreat: The Flight to Appomattox. Chapel Hill: University of North Carolina Press, 2002. ISBN 978-0-8078-5703-8.
  • Silkenat, David. Raising the White Flag: How Surrender Defined the American Civil War. Chapel Hill: University of North Carolina Press, 2019. ISBN 978-1-4696-4972-6.