Batalha de Fano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Fano
Guerras germânicas
Data 271
Local Às margens do rio Metaurus, perto de Fano, na moderna Itália
Desfecho Vitória romana
Beligerantes
  Jutungos Império Romano Império Romano
Comandantes
  Desconhecido Império Romano Aureliano
Fano está localizado em: Itália
Fano
Localização de Fano no que é hoje a Itália

A Batalha de Fano - conhecida também como Batalha de Fanum Fortunae[1] - foi travada em 271 d.C. entre as forças do Império Romano e os jutungos. Os romanos, liderados pelo imperador Aureliano, venceram a batalha e pacificaram a região por muitas décadas.

Contexto[editar | editar código-fonte]

Aureliano havia sido derrotado pelos mesmos jutungos na Batalha de Placência, em 271, mas ele conseguiu reunir seus homens e iniciou uma perseguição aos vencedores, que marchavam rapidamente em direção da indefesa Roma.[2]

Batalha[editar | editar código-fonte]

Finalmente, o exército romano alcançou-os e forçou o combate às marges do rio Metaurus, nas vizinhanças de Fano. O momento crucial da batalha foi quando os jutungos se viram prensados contra o rio, de modo que, quando sua linha de frente finalmente foi rompida, muitos caíram no rio e se afogaram.[2]

Referências

  1. Michael Grant, The History of Rome, p. 285
  2. a b Watson, Alaric (1999). Aurelian and the Third Century. [S.l.]: Routledge. p. 50. ISBN 0-415-07248-4