Batalha de Néferis (147 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Batalha de Néferis
Terceira Guerra Púnica
Data 147 a.C.
Local Néferis, ao sul de Cartago
Desfecho Vitória romana
Beligerantes
República Romana República Romana Cartago Cartago
Comandantes
República Romana Cipião Emiliano Cartago Diógenes de Cartago
Forças
Desconhecida 7-10 000 homens
Baixas
Desconhecidas 7 000 mortos
5 000 capturados (incluindo civis)
Néferis está localizado em: Tunísia
Néferis
Localização do Néferis no que é hoje a Tunísia

A Batalha de Néferis foi a segunda batalha da Terceira Guerra Púnica travada em Néferis em 147 a.C. entre as forças da República Romana, comandadas por Cipião Emiliano, e as cartaginesas, lideradas pelo general Diógenes de Cartago.

Contexto[editar | editar código-fonte]

Depois da derrota romana na Batalha do Porto de Cartago, Cipião Emiliano decidiu destruir o exército cartaginês em Néferis, uma fortaleza localizada ao sul da capital e onde, no ano anterior, os romanos haviam sido derrotados por Asdrúbal, o Boetarca, na Primeira Batalha de Néferis.

Batalha[editar | editar código-fonte]

Em 147 a.C., os romanos bloqueavam Cartago e impediam que suprimentos fossem enviados aos defensores de Néferis, cuja guarnição era comandada por Diógenes. Cipião cercou o acampamento cartaginês e forçou a batalha. Cercados por todos os lados, os cartagineses foram completamente destruídos, perdendo milhares de soldados. A maioria dos sobreviventes foi capturada e apenas 4 000 conseguiram escapar. A captura de Néferis foi um ponto de inflexão para o moral das forças cartagineses, cuja capital cairia meses depois na Batalha de Cartago.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Nowaczyk, Bernard (2008). Kartagina 149-146 (em polônes). Warsaw: Bellona. ISBN 83-111-1270-3 
  • Apiano. The Punic Wars. The Third Punic War (em inglês). [S.l.: s.n.] 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • «Nepheris» (em alemão). Digital Atlas of the Roman Empire