Batilde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santa Batilde
Santa Batilde.
Cópia do original gótico no pórtico da Igreja de Saint-Germain l'Auxerrois, em Paris.
Nascimento 626 ou 627
Morte 30 de janeiro de 680 (54 anos)
Veneração por Igreja Católica
Beatificação ca. 680 por Papa Nicolau I
Principal templo Abadia de Chelles, nos subúrbios de Paris
Festa litúrgica 26 de janeiro (segundo o Martirológio Romano)
30 de janeiro na França[1]
Gloriole.svg Portal dos Santos

Batilde era uma aristocrata anglo-saxã vendida como escrava na França que casou com Clóvis II, rei da Nêustria e da Borgonha, que se tinha encantado com sua virtude e prudência.

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Tornou-se regente à morte do marido, governando o reino com rara habilidade[2] .

Ela deu-lhe três filhos e todos se tornaram reis após sua morte. O mais velho, Clótário, sucedeu a seu pai. O segundo, Childerico, foi colocado no trono austrasiano. O mais jovem, Teodorico, se tornou rei de todos os francos.

Casamentos e filhos[editar | editar código-fonte]

  • em c. 648 com Clóvis II
  1. Clotário III (652 — 673)
  2. Teodorico III (652 — 691)
  3. Childerico II (653 — c. 675)

Referências

  1. Attwater, Donald and Catherine Rachel John. The Penguin Dictionary of Saints. 3rd edition. New York: Penguin Books, 1993. ISBN 0-14-051312-4.
  2. Santa Batilde, viúva, +680, Evangelizo.org 2001-2011
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batilde