Bernardino Telesio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bernardino Telesio
Nascimento 7 de novembro de 1509
Cosença
Morte 2 de outubro de 1588 (78–79 anos)
Cosença
Alma mater
Ocupação filósofo, naturalista
Religião Igreja Católica

Na Renascença houve um grande pensador Bernardino Telésio. Nasceu em 1509 em Cosenza (Itália), estudou especialmente em Pádua (Itália) e faleceu em 1588. A sua obra fundamental é “De rerum natura iuxta propria principia” que significa: “a nova naturalidade se ajusta aos próprios princípios” . O pensamento de Telésio representa uma sistematização do naturalismo da Renascença: a saber, uma tentativa para explicar a natureza mediante os princípios universais imanentes à mesma natureza.

“O mundo natural é constituído de matéria e de força. A matéria é homogênea, preenche o espaço (que existe antes da matéria) e é por si mesma inerte. A força anima, penetra, move, transforma continuamente toda a matéria.”

O intelecto é reduzido aos sentidos, bem como o conceito universal é reduzido à sensação. Como é naturalizado o pensamento, é também naturalizada a vontade, no sentido materialista e hedonista.

Entretanto, haveria no homem também uma alma que transcende a natureza e o mundo material, criada e infundida por Deus. Por consequência, o homem pode pensar e querer o supersensível, o eterno, e dominar com a vontade livre as tendências naturais. Desse modo, acima da ciência é posta e justificada a fé e a revelação.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.