Bispo-titular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Bispo-titular é a designação dada aos bispos, arcebispos ou prelados da Igreja Católica que não são os responsáveis máximos pelo governo ordinário de uma determinada diocese, mas apenas titulares de uma honorífica ou sé titular, normalmente correspondente a uma diocese extinta ou desaparecida. Este título é normalmente concedido a um bispo-auxiliar de um bispo diocesano ou arcebispo ou a bispos nomeados para funções não diocesanas.

Os bispos diocesanos que cessam funções (por resignação ou transferência para funções não diocesanas) ficam com o título emérito da respectiva sé. Aos bispos coadjutores não é atribuída uma sé titular mas antes a sé de que têm direito de sucessão.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bishops (em inglês). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Codex Juris Canonici (Code of Canon Law), Vatican City: Typis Polyglottis Vaticanis, 1983. [S.l.: s.n.].
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.