Blame!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Blame!
ブラム!
(Buramu!)
Gênero Ação, Drama, Horror, Suspense, Cyberpunk
Mangá
Escrito por Tsutomu Nihei
Editora(s) Kodansha
Editora(s)
lusófona(s)
Revista(s) Afternoon
Público-alvo Seinen
Data de publicação 25 de novembro de 1998 – 25 de julho de 2003
Volumes 10
ONA
Direção Shintaro Inokawa
Estúdio Group TAC
Lançamento 24 de outubro de 2003
Número de episódios 6
Duração 6 minutos
OVA
Blame! Prologue
Estúdio Production I.G
Lançamento 7 de setembro de 2007
Número de episódios 2
Duração 4 minutos
Filme
Direção Hiroyuki Seshita
Roteiro Tsutomu Nihei
Sadayuki Murai
Distribuição/
Licenciamento
Netflix (Direitos de streaming)
Estúdio Polygon Pictures
Lançamento 2017
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Blame! (ブラム! Buramu!?), pronunciado como BLAM, é uma série mangá cyberpunk de dez volumes escrita e ilustrada por Nihei Tsutomu e publicada pela editora Kodansha.[1] A série deu origem a seis episódios ONA com um sétimo lançado somente em DVD.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em um futuro distópico no qual a humanidade, já quase completamente dizimada, tenta sobreviver como ratos, caçados por maquinas e confinados em uma megaestrutura, enquanto Killy, um misterioso aventureiro, vaga pela megaestrutura repleta de corredores, escadarias e cavernas; atravessando verticalmente milhares de níveis em uma cidade que não para de crescer para todas as direções. A personagem passa seus dias lutando para sobreviver, enfrentando ciborgues assassinos, seres sintéticos e monstros mutantes, enquanto busca pelo gene terminal de rede, um código identificador capaz de devolver o controle da cidade autônoma para os humanos, predados pelos agentes da grande rede, "Netsphere".

Mangá[editar | editar código-fonte]

O mangá japonês original teve os capítulos compilados e lançados em 10 volumes (tankōbon) pela editora Kodansha. No Brasil, o mangá é licenciado e publicado pela JBC desde dezembro de 2016.

Elenco do filme[editar | editar código-fonte]

  • Zuru: Raíssa Bueno
  • Pops: Luiz Nunes
  • Cibo: Jéssica Cárdia
  • Sutezo: Rafael Quelle
  • Tae: Beta Cinalli
  • Fusata: Roberto Rodrigues
  • Atsuji: Fernando Ferraz
  • Killy: Digão Vicente
  • Fuku: Raquel Elaine
  • Sanakan: Carla Martelli
  • Shige: Tiaggo Guimarães
  • Yaichi: Presto Kowask
  • Vozes Adicionais: Amanda Moreira, Amanda Tavares, André Gaiani, Caio César Oliveira, Caio Magalhães, Carloz Magno, Demétrios Augustus, Ênio Vivona, Felipe Venâcio, Fernanda Ferreira, Gustavo Martinez, Josué Galinari, Karina Botião, Lucas Marcondes, Lúcia Macedo, Marcos Becker, Mariana Pozatto, Mário Spatziani, Miriam Lins, Monalisa Capella, Nagib Akim, Natália Ruggerio, Pierre Bittencourt, Rafael Rheda, Reinaldo Rodriguez, Renan Alonso, Renan Vilela, Rick dos Anjos, Rita Oliveira, Robson Kumode, Rogério Duartti e Vitor Paranhos
  • Tradutor: Carlos Freires Jr. - Trëma Traduções/Tais Reganelli
  • Diretor: Renan Alonso
  • Estúdio: Dubbing Company, Campinas

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]