BrandZ

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

BrandZ é um banco de dados brand equity que detém dados de mais de 650 mil consumidores e profissionais de 31 países, comparando mais de 23.000 marcas.[1][2] O banco de dados é usado para estimar as avaliações da marca e a cada ano, desde 2006, tem sido usado pela Millward Brown, empresa do grupo Kantar, para gerar uma lista das 100 maiores marcas globais.[3][1] O ranking BrandZ é lançado anualmente, em edições globais e regionais.

De acordo com o BrandZ "o valor da marca é o valor financeiro de uma marca definido como a soma de todos os ganhos que a marca deverá gerar."[4] O BrandZ recolhe anualmente dados de consumidores, com cada pessoa questionada para avaliar marcas em um competitivo contexto de uma categoria de mercado. Isso gera opiniões de pessoas que conhecem a categoria e, portanto, podem julgar uma marca com base nos atributos que são importantes para eles. Os setores abrangidos incluem: bens de consumo embalados, varejo/e-commerce, serviços e corporativas. Usando estes dados, o BrandZ tenta calcular os números que quantificam o grau de lealdade dos consumidores a cada marca e os potenciais de crescimento das marcas.[2] O

No ranking de 2016, o Google retomou o posto de marca mais valiosa do mundo, avaliado em 229 bilhões de dólares[5] segundo o BrandZ. A Apple ficou com a segunda colocação, avaliada em 228 bilhões de dólares. Microsoft, AT&T, Facebook, Visa, Amazon, Verizon, McDonald's e IBM completam o top 10 do ranking, que concentra empresas inovadoras e de tecnologia.

No Brasil, a marca mais valiosa é a Skol, avaliada em 6,7 bilhões de dólares[6]. Considerando os últimos 10 anos, a marca brasileira mais valiosa foi o Bradesco[7].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Global brand values in the hot seat, Mark Ritson, The Age, 23 de maio de 2006. Acessado em 30 de novembro de 2007.
  2. a b BrandZ - brand equity. Accessed on line November 30, 2007.
  3. VIEWPOINT: Step nearer to brand valuation 'perfection', Marketing Week, 20 de abril de 2006. Acessado em 30 de novembro de 2007.
  4. 2009 BrandZ Top 100 Most Powerful Brands, Millward Brown. Acessado em 1 de maio de 2009.
  5. «Google é marca mais valiosa do mundo de 2016» 
  6. «Skol é listada como a marca mais valiosa do Brasil pela 4ª vez consecutiva» 
  7. «Bradesco é marca mais valiosa dos últimos 10 anos» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]