Canal de Foxe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Localização do canal a leste a ilha Southampton
Canal de Foxe está localizado em: Nunavut
Localização em Nunavut

O canal de Foxe (em inglês: Foxe Channell) é um canal marítimo localizado na parte central do Arquipélago Ártico Canadiano, no extremo setentrional da baía de Hudson, sendo o principal acesso a esta baía e à bacia de Foxe.

Administrativamente, pertence ao Território Autónomo de Nunavut, Canadá.

O canal de Foxe liga a bacia de Foxe (a norte), com a baía de Hudson (a sul) e o estreito de Hudson (a leste). Está limitado por:

O canal tem cerca de 320 km de comprimento e largura média de 145 km. A sua profundidade máxima conhecida é 352 m. As suas águas permanecem congeladas durante a maior parte do ano.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro ocidental a navegar pelas águas da parte meridional do canal foi Henry Hudson, que em 1610 foi o primeiro ocidental conhecido a conseguir passar totalmente o estreito de Hudson e chegar à baía de Hudson a partir do norte. O canal deve o seu nome ao explorador inglês Luke Foxe, que em 1631 conseguiu atravessar a parte norte do canal e entrar na bacia de Foxe. A expedição de Robert McClure de 1836/1837 ficou presa no gelo no canal de Foxe.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Foxe Channel».

Referências