Canalização (software)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Em engenharia de software, uma canalização (em inglês: pipe) consiste de uma cadeia elementos de processamento (processos, threads, corotinas, funções etc.), organizados de forma que a saída de cada elemento seja a entrada do próximo. O nome é, por analogia, a uma canalização física. Normalmente, uma certa quantidade de armazenamento temporário é fornecida entre elementos consecutivos. A informação que flui nestas canalizações geralmente são um fluxo de registros, bytes ou bits, e os elementos de uma canalização podem ser chamados de filtros. Isto também é chamado de padrão de projeto de canalizações e filtros. Conectar elementos em uma canalização é análogo à composição de função.

cat /etc/passwd | more

A barra vertical é o pipe; o programa cat lista o conteúdo do arquivo /etc/passwd que é então direcionado pelo pipe para o comando more.

Atenção: Em DOS só funções de INT 21H podem ser usadas nos programas antes e atrás de |, de INT 10H (antes) e de INT 16H (atrás) não.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.