Canato de Kara-Kitai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Território dos Kara Kitai.

Canato de Kara-Kitai (em mongol: Хар Хятан ; em persa: خانات قراختایی ), também conhecido como Liao Ocidental (chinês tradicional: 西遼, chinês simplificado: 西辽, pinyin: 'Xī Liáo') (1124[1]–1218), oficialmente Grande Liao (chinês tradicional: 大遼, chinês simplificado: 大辽, pinyin: Dà Liáo), foi um império kitai na Ásia Central. A dinastia foi fundada por Yelü Dashi, que conduziu o pouco que restava da dinastia Liao para a Ásia Central depois de fugir do seu território na Manchúria após os Jurchen o conquistarem. O império foi usurpado pelos naimanos sob o comando de Kuchlug em 1211; fontes tradicionais chineses, persas e árabes consideram esta usurpação como determinante para o fim do império. O reino foi mais tarde tomado pelo Império Mongol em 1218.

Referências

  1. 1124 ano no qual Yelü Dashi se auto-proclamou rei, enquanto premanecia na Mongólia

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Biran, Michal. The Empire of the Qara Khitai in Eurasian History: Between China and the Islamic World, Cambridge, CUP, 2005 (Cambridge Studies in Islamic Civilization), 298 pp., ISBN 0-521-84226-3