Carcamusas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Carcamusas

Carcamusas é um prato típico da culinária da Espanha, mais concretamente da cidade de Toledo.[1] É também conhecido como carcamusas a la toledana, nos menus dos restaurantes dessa cidade.[2]

A receita tradicional é preparada com carne de porco[3][4], havendo no entanto variações com carne de bovino.[1]

Para além da carne, pode incluir presunto, chouriço, tomate, cebola, pimento vermelho, vinho branco, ervilhas, azeite, pimentão doce, orégãos, açúcar, malagueta, sal e pimenta. Estes ingredientes são combinados de forma a produzir um estufado, que deve repousar durante 24 horas após a sua preparação, de forma a ficar mais apurado.[1]

Pode ser acompanhado por batata frita[1]

Origem[editar | editar código-fonte]

Este prato foi criado em Toledo em meados do século XX, por José Ludeña. Diz-se que o bar que este possuía nessa cidade era frequentado por clientes masculinos com uma idade já avançada (designados localmente como os carcas) e por clientes do sexo feminino, mais jovens, que os primeiros consideravam suas musas. Como ambos os grupos apreciavam o prato, José Ludeña tê-lo-á designado como carcamusas, em sua homenagem.[3]

Referências