Carlos Matos Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Matos Ferreira
Nascimento 27 de junho de 1948
Morte 27 de dezembro de 2014 (66 anos)
Nacionalidade Portugal Português
Alma mater Instituto Superior Técnico
Universidade de Paris
Prêmios Grande-Oficial (GOIH) da Ordem do Infante D. Henrique
Instituições Instituto Superior Técnico
Campo(s) Física

Carlos Matos Ferreira GOIH (Lisboa, 27 de junho de 1948 - 27 de dezembro de 2014) foi um professor e Físico Português. Foi presidente do Instituto Superior Técnico e Professor Catedrático do Departamento de Física. Faleceu em 27 de Dezembro de 2014, com 66 anos.[1][2][3]

Fez os seus estudos preparatórios de engenharia na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica no Instituto Superior Técnico e o Doutoramento em Física na Universidade de Paris em 1976.

Desempenhou um papel importante no desenvolvimento da Física Molecular e de Plasmas em Portugal através dos seus contributos científicos e no desempenho de várias funções. Entre os vários cargos que teve durante a sua carreira, destacam-se a presidência do Instituto Superior Técnico e o desempenho de várias funções na Sociedade Portuguesa de Física.[4]

Educação e Carreira[editar | editar código-fonte]

Prémios e Honras[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Noticia de Falecimento do Prof. Carlos Matos Ferreira, Instituto Superior Técnico. 29 de Dezembro de 2014. (visitado em 29 de Dezembro de 2014)
  2. a b publico.pt. «Morreu Carlos Matos Ferreira». Consultado em 30 de Dezembro de 2014 
  3. «Falecimento do Prof. Carlos Matos Ferreira». Consultado em 2 de Janeiro de 2015 
  4. «A SPF perdeu um sócio Honorário: Faleceu o Professor Carlos Matos Ferreira». Sociedade Portuguesa de Físisca. 28 de Dezembro de 2014. Consultado em 13 de Janeiro de 2015 
  5. «Academy of Europe: List of Members». Consultado em 7 de Janeiro de 2014 
  6. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Consultado em 7 de Janeiro de 2015 
  7. «NOVE FÍSICOS DISTINGUIDOS COM "ESTÍMULO À EXCELÊNCIA"» (PDF). Gazeta de Física. 2004. Consultado em 7 de Janeiro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.