Caso de estupro coletivo de Délhi em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O caso de estupro coletivo em Délhi envolveu um estupro e assassinato que ocorreu em 16 de dezembro de 2012, em Munirka, um bairro localizado na parte sul de Nova Délhi, onde uma estudante de medicina,[1] de 23 anos, foi espancada e estuprada por um grupo em um ônibus, no qual viajava com um amigo. Havia outros seis no ônibus, incluindo o motorista, que estuprou a mulher.

Referências

  1. «IAP condoles death of Delhi gang-rape victim». New Delhi: Zee News. Press Trust of India. 29 de dezembro de 2012. Consultado em 30 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2012