Charles Bradlaugh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Bradlaugh
Nome nativo Charles Bradlaugh
Nascimento 26 de setembro de 1833
Morte 30 de janeiro de 1891 (57 anos)
Londres
Sepultamento Cemitério de Brookwood
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Ocupação político
Movimento estético ateísmo
Religião ateísmo

Charles Bradlaugh (26 de setembro de 183330 de janeiro de 1891) foi um ativista político britânico e um dos mais famosos defensores do ateísmo no século XIX.

Em 1880 foi eleito para o Parlamento britânico pelo distrito de Northampton.[1]

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Who Was Jesus Christ, and What Did He Teach? (1860)
  • A Plea for Atheism (1864)
  • A Few Words About the Devil (1864)
  • Humanity's Gain from Unbelief (1889)
  • The Freethinker's Text-Book (1876)
  • Man, Whence and How?
  • Religion, What and Why?
  • Debates
  • The Roberts-Bradlaugh Debate
Charles Bradlaugh

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Arnstein, W.L. (1991) The Bradlaugh Case: Atheism, Sex and Politics Among the Late Victorians ISBN 0826204252
  • Bradlaugh Bonner, Hypatia (1908). Charles Bradlaugh: A Record of His Life and Work by his daughter. London, T. Fisher Unwin.
  • Champion of Liberty: Charles Bradlaugh (Centenary Volume) (1933). London, Watts & Co and Pioneer Press.
  • Robertson, J.M. (1920). Charles Bradlaugh. London, Watts & Co.
  • Tribe, David (1971) President Charles Bradlaugh MP. London, Elek. ISBN 0236177265

Referências

  1. Eric J. Hobsbawn, Pessoas extraordinárias: resistência, rebelião e jazz, São Paulo: Paz e Terra, 1998. p. 63
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Charles Bradlaugh
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.