Chicago Blackhawks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chicago Blackhawks
Blackhawks Banner.jpg
Conferência Oeste
Divisão Central
Fundado 1926
História Chicago Black Hawks
1926-86
Chicago Blackhawks
1986-presente
Arena United Center
Cidade Chicago, Illinois, Estados Unidos
Cores do time Vermelho, preto e branco
Proprietário Rocky Wirtz
Gerente geral Canadá Stan Bowman
Técnico Canadá Joel Quenneville
Capitão Canadá Jonathan Toews
Afiliados nas ligas de baixo Rockford IceHogs (AHL)
Indy Fuel (ECHL)
Copas Stanley 6 (1933-34, 1937-38, 1960-61, 2009-10, 2012-13, 2014-15)
Títulos de conferência 4 (1991-92, 2009-10, 2012-13, 2014-15)
Títulos de divisão 15 (1969-70, 1970-71, 1971-72, 1972-73, 1975-76, 1977-78, 1978-79, 1979-80, 1982-83, 1985-86, 1989-90, 1990-91, 1992-93, 2009-10, 2012-13)

Os Chicago Blackhawks (soletrado Black Hawks antes de 1986) são um time profissional de hóquei no gelo da cidade de Chicago, Illinois, Estados Unidos. Eles são membros da Divisão Central da Conferência Oeste da National Hockey League (NHL). Venceram a Stanley Cup seis vezes e foram campeões de divisão catorze vezes desde sua fundação em 1926. Os Blackhawks são um dos times "Seis Originais" da NHL, junto com Boston Bruins, Montreal Canadiens, Toronto Maple Leafs, New York Rangers e Detroit Red Wings. Desde 1994 os Blackhawks mandam seus jogos no United Center, após 60 anos no Chicago Stadium. Na temporada de 2009-10, o Chicago Blackhawks sagrou-se campeão da Copa Stanley depois de uma espera de 49 anos. Na temporada 2012-13 a equipe voltou a fazer uma grande campanha e alcançou sua quinta conquista após derrotar o Boston Bruins na final, o primeiro time a repetir o título desde o locaute de 2004.[1] A temporada 2014-15 marcou o terceiro título em seis anos, dessa vez com o jogo decisivo no United Center e após duas conquistas como visitante, voltando a conquistar a Copa Stanley em casa depois de 77 anos.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Em 1 de Maio de 1926, a NHL premiado com uma franquia de expansão para Chicago para um consórcio liderado pelo ex-astro do futebol americano Huntington Hardwick[3] de Boston. Na mesma reunião, Hardwick dispostos a compra dos jogadores do Portland Rosebuds da Western Hockey League por US $ 100.000 do presidente WHL Frank Patrick em um acordo mediado pelo proprietário Boston Bruins 'Charles Adams. [2] No entanto, apenas um mês depois Huntwick de grupo vendeu para Chicago magnata café Frederic McLaughlin. [3]

McLaughlin tinha sido um comandante com o 333 Machine Gun Batalhão da Divisão de Infantaria 86 durante a Primeira Guerra Mundial [4] Esta divisão foi apelidado de "Divisão Blackhawk", depois de um nativo americano da nação Sauk, Black Hawk, que foi um proeminente figura na história de Illinois. [4] McLaughlin nomeado o novo time de hóquei em honra da unidade militar, tornando-se um dos muitos nomes da equipe de esportes, usando os nativos americanos como ícones. No entanto, ao contrário da divisão militar, o nome do time foi escrito em duas palavras como os "Black Hawks" até 1986, quando o clube tornou-se oficialmente o "Blackhawks", com base na ortografia encontrado nos documentos originais de franquia.

Os Black Hawks começou a jogar na temporada de 1926-1927, juntamente com novas franquias de expansão Detroit Cougars e New York Rangers. McLaughlin teve um papel muito ativo na gestão da equipe, apesar de não ter nenhum fundo no esporte. McLaughlin contratou Bill Tobin, um ex-goleiro que tinha jogado na liga ocidental, como seu assistente, mas dirigiu a equipe se. Ele também estava muito interessado em promover jogadores de hóquei norte-americanos, em seguida, muito raro no hóquei profissional. Vários deles, incluindo Doc Romnes, Taffy Abel, Alex Levinsky, Mike Karakas e Cully Dahlstrom, tornaram-se grampos com o clube, e sob McLaughlin, os Black Hawks foram o primeiro time da NHL com um lineup só com jogadores estadunidenses.

A ressurreição dos Blackhawks se marcou após a morte do impopular dono Bill Wirtz em 2007. O time foi assumido por seu filho Rocky, que resolveu refazer algumas políticas controversas do pai, como não transmitir jogos em casa pela televisão, buscando uma nova base de fãs.[4] Sob o treinador Joel Quenneville e com uma equipe jovem que incluía o capitão Jonathan Toews, o atacante Patrick Kane e o zagueiro Duncan Keith, os Blackhawks se tornaram uma das equipes mais competitivas da NHL, atraindo fãs que graças à grande capacidade do United Center deixaram a equipe no topo das estatísticas de público.[5] Na 2009-10, os Blackhawks quebraram uma seca de 49 anos ao conquistar a Copa Stanley diante do Philadelphia Flyers no Wachovia Center.[6] Três anos depois, na temporada encurtada por locaute de 2013, os Blackhawks conquistaram o Troféu dos Presidentes como melhor equipe da temporada regular, e na pós-temporada venceram o Boston Bruins no TD Garden para se tornar a primeira equipe com dois títulos da Copa Stanley desde o locaute de 2004-05.[1] Na temporada de 2014-15, os Blackhawks conquistaram o terceiro título em 6 anos e primeiro em casa desde 1938, dessa vez diante do Tampa Bay Lightning.[2]

Público[editar | editar código-fonte]

O ginásio dos Blackhawks desde 1994, o United Center, é um dos maiores da NHL. Em lugares sentados, o espaço para 19,717 espectadores só é superado pelo Bell Centre de Montreal (21,287) e a Joe Louis Arena em Detroit (20,027).[7] Com torcedores em pé, o United Center tem a maior capacidade com 22,428. Consequentemente, desde 2008 os Blackhawks lideram as estatísticas de público da NHL.[8] [9]

Médias de público no United Center
Temporada Comparecimento Média
1994–95* 499,445 20,832
1995–96 835,971 20,390
1996–97 795,165 19,396
1997–98 752,611 18,350
1998–99 710,530 17,329
1999–2000 667,237 16,274
2000–01 614,875 14,996
2001–02 638,324 15,568
2002–03 606,580 14,794
2003–04 543,374 13,253
2005–06 546,075 13,318
2006–07 521,809 12,727
2007–08 689,377 16,814
2008–09 871,337 21,783
2009–10 854,267 21,356
2010–11 878,356 21,423
2011–12 882,874 21,533
2012–13* 522,619 21,775
2013–14 864,624 21,615
2014-15 892,532 21,769

*-Temporada encurtada.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chicago Blackhawks
Ícone de esboço Este artigo sobre Hóquei no gelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.