Choque séptico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Choque séptico é o termo médico usado para designar a falência circulatória aguda de causa infecciosa. Caracterizada de hipotensão arterial grave e refratária provocada através de germes como bactérias, fungos e vírus, levando a septicemia e comprometimento do sistema circulatório através da dilatação venocapilar. Causas mais comuns: Contaminação de cateteres, sondas vesicais e pneumonias. Existe importante relação entre sepse e infecção hospitalar, germe multirresistente e quadros de deficiência imune.[1]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento básico se dá com antibióticos. Dependendo da gravidade do caso, serão necessários tratamentos para estabilizar a pressão arterial e função renal. Não raramente, o paciente requer suporte avançado em uma UTI.

Referências

  1. "Tua Saúde - Choque Séptico" (em português). Consultado em 16 de abril de 2013. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.