Classe Narvik

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Classe Narvik
Navio da Classe
Origem
Nome Classe Narvik
Construtor(es) Deschimag (Bremen) e Germania (Kiel).[1]
Lançamento 1938
Unidade inicial Contratorpedeiro alemão Z23
Unidade final Contratorpedeiro alemão Z39
Em serviço 1938 - 1946
Operadores  Alemanhasta
 França
 União Soviética
 Reino Unido
 Estados Unidos
Construídos 15 (nenhum preservado)
Características gerais
Tipo Contratorpedeiro
Deslocamento Standard: 2600 t
Comprimento 127m
Boca 12m
Calado 4,65m
Propulsão Dois eixos, turbinas conectadas a seis caldeiras, com uma Potência de 70.000 hp (52.200 kW)
Velocidade 37 ½ nós (69 km / h)
Autonomia 3.650 milhas náuticas a 18 nós
Armamento 1936a (Mob): 4 ou 5 armas de 150 milímetros (4x1 ou 1x2 e 3x1) , 8 tubos de torpedo de 533mm, 60 minas, 4 lançadores de cargas de profundidade
Tripulação/Equipagem 220 entre oficiais e soldados

Os "Zerstörer" (destróiers da Classe 1936A), ou destróiers da Classe Narvik como eram conhecidos pela Marinha Aliada, formaram um grupo de navios pertencentes à Marinha Alemã, durante a Segunda Guerra Mundial. Comparados com os demais destróieres alemães, os Narviks tinham a particularidade de serem anónimos, conhecidos apenas pela numeração em seus cascos( Z23 a Z39).[2]


História[editar | editar código-fonte]

A justificativa para construção destes navios foi influenciada basicamente por dois fatores :

  1. - Necessidade de lidar com a superioridade numérica dos destróiers britânicos, mais modernos e atualizados.
  2. - Potencial combates com a marinha francesa, que já possuía navios de porte maior e com poder de fogo, amplamente superior.
Tabela de identificação da Marinha Americana

Em termos de armamento, eles estavam mais próximos de cruzadores leves do que especificamente do modelo destróier. O uso armas de 5,9 polegadas (150 mm) era atípico para esta classe, que tendiam a ter armas em torno de 4,7-5 polegadas (120-127 mm) de calibre. Inicialmente deveriam ter um armamento frontal composta de duas torres gêmeas, mas com o início da guerra, foram liberadas apenas uma torre frontal.

Apesar de ser poderosa, esta classe apresentava algumas falhas, os motores eram pouco confíaveis sob alta pressão e devido ao armamento pesado, apresentava problemas de equilíbrio quando em combate.

Os oito navios da classe 1936A Zerstörer (Z23 a Z30) foram lançados entre 1938 e 1940. Os outros sete destróieres numerados de Z31 a Z39 foram lançadas entre 1940 e 1941 e eram um pouco maiores e tiveram algumas modificações internas (incluindo motores mais confiáveis que as classes anteriores) as modificações também visavam reduzir o tempo de construção. Estes novos sete navios ficaram conhecidos como a subclasse 1936A (Mob).

Navios na classe[editar | editar código-fonte]

Nº na amurada Batimento de quilha Comissionamento Destino
Padrão 1936A
Z23 15 de novembro de 1938 15 de setembro de 1940 Foi danificado por uma bomba em 12/09/1944, capturado pela França, rebatizado com nome de Leopard, desmontado em 1951
Z24 2 de janeiro de 1939 26 de outubro de 1940 Afundado em 25/08/1944 perto de Le Verdon pelos bombardeiros da RAF
Z25 15 de fevereiro de 1939 30 de novembro de 1940 Retomado pela França após a guerra e rebatizado como Hoche. Desmontado em 1958
Z26 1 de abril de 1939 11 de janeiro de 1940 Afundado em batalha pelo cruzador britânico Trinidad e pelo destróier  Eclipse em 29/03/1942, no Mar de Barents , quanto atacava o comboio PQ-13
Z27 27 de dezembro de 1939 26 de fevereiro de 1941 Afundado em combate com os cruzadores Glasgow e Enterprise em 28/12/1943 no Golfo de Biscaia.
Z28 30 de outubro de 1939 9 de agosto de 1941 Afundado por bombardeiros britânicos em 03/03/1945 perto de Sassnitz no Mar Báltico.
Z29 21 de março de 1940 25 de junho de 1941 Capturado pela Grã-Bretanha, depois da guerra foi doado aos EUA .  Afundou em 16/12/1946 perto da Jutlândia
Z30 15 de abril de 1940 15 de novembro de 1941 Capturado pela Noruega, depois da guerra foi doado à Grã-Bretanha. Foi usado como navio-alvo e desmontado em 1949
Padrão 1936A (Mob)
Z31 1 de setembro de 1940 11 de abril de 1942 Retomado pela França após a guerra e rebatizado como Marceau. Desmontado em 1958
Z32 1 de novembro de 1940 15 de setembro de 1942 Danificado em combate com os destróiers canadense Haida e Huron em 09/06/1944, próximo a Ile de Batz. Mais tarde, foi destruído por ataques aéreos.
Z33 22 de dezembro de 1940 6 de fevereiro de 1943 Capturado pela União Soviética após a guerra, rebatizado como Provorniy.  . Utilizado como navio-alvo, afundado em 1961.
Z34 15 de janeiro de 1941 5 de junho de 1943 Capturado pelo E.U.A. depois da guerra. Afundou em 26/03/1946 perto de Jutlândia
Z37 1940 16 de julho de 1942 Colidiu com o destróier Z32 em 01/01/1944 e danificado. Desmontado em  1949
Z38 1940 20 de março de 1943 Capturado pela Grã-Bretanha depois da guerra, rebatizado como Nonsuch .Usado como navio de teste e desmontado entre 1949 e 1950
Z39 1940 21 de agosto de 1943 Capturado pela Grã-Bretanha depois da guerra e doado aos E.U.A. Renomeado como DD-939 e utilizado para testes. Doado à França em 1947 e utilizado para fornecimento de peças para outros navios alemães em serviço. Desmontado em 1964

Referências

  1. A classe, 1936A (MOB), composta de 15 navios, foram construídos por Deschimag (Bremen), os demais, Z37, Z38 e Z39, que foram construídos por Germania (Kiel).
  2. A Classe Narvik, foi originada de um nome comum dado a qualquer destróier que a Alemanha lançara depois de Abril de 1940, para comemorar o ataque britânico em Narvik, Noruega - considerado como um ato heróico na Alemanha. No entanto, esta designação foi estendida a várias classes, o que significava que "Narvik" era uma descrição imprecisa dos destróieres alemães. Todos os destróieres alemães foram oficialmente nomeados por um numeral + Z, porque Z representa Zerstorer (significando destroier) em alemão).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Friedman, Norman:U.S. Battleships an illustrated design history ISBN 0-87021-715-1
  • German Cruisers of World War Two, Naval Institute Press, 1985, ISBN 0870212176.
  • German Destroyers of World War Two, US Naval Institute Press, 1992, ISBN 1557503028.
  • H Whitley, Destroyers of World War 2, 1988 Cassell Publishing ISBN 1-85409-521-8
  • Georges Blond. A Guerra no Ártico, Flamboyant - 1966

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Classe Narvik