Fidelidade Mundial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fidelidade-Mundial
Companhia de Seguros
Fundação 2004
Encerramento 2013
Sede Lisboa, Portugal
Proprietário(s) Caixa Geral de Depósitos
Antecessora(s) Fidelidade
Mundial Confiança
Sucessora(s) Fidelidade
Website oficial www.fidelidade.pt

A Fidelidade-Mundial foi uma companhia de seguros portuguesa fundada em 2004.

História[editar | editar código-fonte]

A denominada Companhia Fidelidade, uma empresa por acções, dedicada aos seguros marítimos, terrestres e de vida, nasceu em Lisboa em 1835 a partir da Associação Mercantil Lisbonense.[1]

No dia 10 de Setembro de 2002 concluiu-se a fusão entre as Seguradoras Mundial-Confiança e Fidelidade Seguros, culminando um conjunto de operações de restruturação do sector segurador do Grupo Caixa Geral de Depósitos iniciadas em Março desse ano. A "nova" Companhia opera através das marcas e redes "Mundial-Confiança" e "Fidelidade" que, embora integradas numa mesma entidade jurídica, apresentam individualidade comercial, beneficiando de vantagens decorrentes das sinergias obtidas no quadro da fusão. A sociedade resultante da fusão denomina-se Companhia de Seguros Fidelidade-Mundial, S.A. e possui um capital social de 400 milhões de euros.

A 18 de Outubro de 2004 a Fidelidade e a Mundial-Confiança fundem-se numa marca única e apresentam a nova marca Fidelidade-Mundial.

No dia 28 de Junho de 2013, a Fidelidade-Mundial fundiu-se com a Império Bonança, ela própria resultado da fusão entre a Companhia de Seguros Império, do Grupo CUF, e a Bonança, formando a nova Fidelidade.

Referências

  1. Alves Caetano, António. 2000. A Companhia Fidelidade e os Seguros na Lisboa Oitocentista (1835-1907). Volume I. Da Fundação à sede do Corpo Santo (1835-1863), Lisboa: Edição do Autor, 2000

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • A Companhia Fidelidade e os Seguros na Lisboa Oitocentista (1835-1907) – Volume I – Da Fundação à sede do Corpo Santo (1835-1863), Lisboa: Edição do Autor, 2000, Prefácio da Prof.ª Doutora Fátima Sequeira Dias, 437 páginas
  • Alves Caetano - Comunicação apresentada ao XIII Congresso Internacional da AHILA (Associação Internacional de Investigadores de História da América Latina), realizado na Universidade dos Açores, em Ponta Delgada (S. Miguel, Açores).[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]