Conceição (Peniche)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Conceição 
  Freguesia portuguesa extinta  
Símbolos
Bandeira de Conceição
Bandeira
Brasão de armas de Conceição
Brasão de armas
Localização
município primitivo Peniche
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 0,78 km²
Outras informações
Orago Nossa Senhora da Conceição

Conceição é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Peniche, com 0,78 km² de área e 4 643 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional era 5 952,6 hab/km².
Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[2] sendo o seu território integrado em Peniche.

Fazia fronteira a sul com a antiga freguesia de São Pedro e a norte com a antiga freguesia de Ajuda. Em conjunto com estas duas freguesias, formava a cidade de Peniche.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Peniche (Conceição) [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
910 853 853 826 976 1 418 1 934 2 187 3 467 3 609 3 329 3 829 4 264 4 840 4 643

Símbolos heráldicos da freguesia[editar | editar código-fonte]

Ordenação heráldica do brasão, bandeira e selo[editar | editar código-fonte]

Brasão: escudo de azul, duas pombas de prata, bicadas, sancadas e animadas de vermelho e postas em cortesia, entre coroa mariana de ouro, em chefe e campanha rendilhada de prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “PENICHE – CONCEIÇÃO”.

Bandeira: branca. Cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.

Selo: nos termos da Lei, com a legenda: “Junta de Freguesia de Peniche – Conceição”.

Parecer emitido pela Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses a 23 de Janeiro de 2001, nos termos da Lei n.º 53/91, de 7 de Agosto.

Estabelecidos, sob proposta da Junta de Freguesia, em sessão da Assembleia de Freguesia de 26 de Abril 2001.

Publicados no Diário da República, III Série, Nº 129, de 4 de Junho de 2001.

Registados na Direcção-Geral das Autarquias Locais com o nº 184/2001, de 8 de Junho de 2001.

Justificação dos símbolos[editar | editar código-fonte]

  • Duas pombas. Representam o carácter apaziguador e reconciliador da freguesia com as antigas zonas de Peniche (de Cima e de Baixo).
  • Coroa mariana. Representa o orago e topónimo Nossa Senhora da Conceição.
  • Campanha rendilhada. Representa as famosas rendas de bilros de Peniche, bastante importantes para o equilíbrio da economia doméstica.

Política[editar | editar código-fonte]

Eleições autárquicas[editar | editar código-fonte]

Assembleia de Freguesia[editar | editar código-fonte]

Ano % M % M % M
PS FEPU/APU/CDU PPD/PSD
1976 41,5 4 32,6 3 17,7 2
1979 33,6 5 30,2 4 33,4 4
1982 44,3 6 26,4 3 26,6 4
1985 22,1 2 31,9 3 38,8 4
1989 38,0 4 16,4 1 37,4 4
1993 41,3 4 15,5 1 34,1 4
1997 48,4 5 17,7 1 28,9 3
2001 43,8 4 27,6 3 21,5 2
2005 34,7 3 33,5 3 27,5 3
2009 34,0 3 40,2 4 20,9 2

Orago[editar | editar código-fonte]

Como o seu nome indica, o seu orago era Nossa Senhora da Conceição.

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 1 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I. Acedido a 19/07/2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.