Crime no Sacopã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um filme. Para para o caso real, veja Crime do Sacopã.
Crime no Sacopã
 Brasil
1963 •  cor •  93 min 
Direção Roberto Pires
Produção Gilberto Perrone
Jarba Barbosa
Roteiro Ubiratan Lemos
Elenco Wilson Grey
Rodolfo Arena
Nathália Rodrigues
Íris Bruzzi
Murilo Néri
Género policial
Direção de fotografia Mário Carneiro
Edição Roberto Pires
Companhia(s) produtora(s) Copacabana Filmes
Idioma português

Crime no Sacopã é um filme brasileiro de 1963 do diretor Roberto Pires, que transforma em peça de ficção o polêmico homicídio ocorrido uma década antes, no Rio de Janeiro, conhecido por Crime do Sacopã, em alusão ao local em que ocorreu.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme recria os fatos ocorrido em 6 de abril de 1952, procurando inocentar o tenente da Aeronáutica Alberto Bandeira, então condenado pelo homicídio, e colocando a vítima, o bancário Afrânio Arsênio de Lemos, como chantagista e conquistador.[1]

Bandeira, condenado a quinze anos pelo crime, faz parte do elenco do filme.

Elenco[1][editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Cinemateca Brasileira. «verbete - Crime no Sacopã». Consultado em 21 de janeiro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.