Cronofobia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Cronofobia é o medo irracional da passagem do tempo e frequentemente do próprio tempo. É caracterizado por fortes sentimentos de ansiedade, pânico e claustrofobia. O estado de saúde das pessoas que padecem desta fobia vai piorando com o tempo, sendo que as sensações de angústia, aumento do ritmo cardíaco e de pensamentos perturbadores vão aumentando drasticamente.[1][2] A cronofobia também pode ser um sintoma do estresse pós-traumático.[3]

Os sintomas são similares as outras fobias, como ansiedade e pânico, dificuldades pelo temor, incremento do ritmo cardíaco, transpiração excessiva e dificuldade para respirar. Embora uma pessoa com cronofobia pode experimentar esses sintomas como parte de sua vida diária, sua ansiedade pode aumentar em situações específicas, como cerimónias de formatura, aniversários e férias.[2]

Referências

  1. Adamec, Christine (2010). The Encyclopedia of Phobias, Fears, and Anxieties, Third Edition. [S.l.]: Infobase Publishing. p. 135. ISBN 9781438120980 
  2. a b Frothingham, Scott; Legg, Timothy J. «Chronophobia or Fear of Passing Time: Risks, Symptoms, Treatment». Healthline (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2019 
  3. Ratcliffe, Matthew; Ruddell, Mark; Smith, Benedict (2014). «What is a "sense of foreshortened future?" A phenomenological study of trauma, trust, and time». Frontiers in Psychology. 5. 1026 páginas. ISSN 1664-1078. PMC 4166378Acessível livremente. PMID 25278917. doi:10.3389/fpsyg.2014.01026 
Ícone de esboço Este artigo sobre Saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.