Danaë (Klimt)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Danaë
Autor Gustav Klimt
Data 1907
Técnica Óleo sobre tela
Dimensões 77 × 83 
Localização Colecção privada]], Viena

Danaë é uma pintura a óleo sobre tela do pintor simbolista austríaco Gustav Klimt, datada de 1907, a Fase Dourada do artista. .[1]

O tema da pintura, Danaë, esteve muito em voga no início da década de 1900 entre muitos artistas; a personagem foi utilizada como um símbolo de perfeição do amor divino, e transcendência.

Durante a sua prisão pelo seu pai, Rei de Argos, numa torre de bronze, Danaë recebeu a visita de Zeus, aqui simbolizado pela chuva dourada que entre as suas pernas. Pela observação da sua face, nota-se que ela está excitada.

Neste trabalho, ela está enrolada a um véu púrpura o qual faz referência à sua linhagem imperial. Algum tempo depois da sua visita celestial, deu à luz um filho, Perseu, que é citado na mitologia grega como tendo morto Medusa e salvo Andrómeda.

Muitas das primeiras pinturas de Danaë eram eróticas; outras pinturas semelhantes em estilo de Klimt são Medicina (1900–1907) e Water Snakes (1904–1907).[2]

Referências

  1. Danaë em Klimt Museum
  2. Payne, Laura. Klimt. Bath, UK: Parragon Publishing, 2004.
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.