Dark Passage

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dark Passage
Bacall and Bogart Dark Passage.jpg
País Estados Unidos
Lançamento 1947
Diretor(a) Delmer Daves
Gênero Film noir
filme de mistério
Duração 102 minutos
Agnes Moorehead e Humphrey Bogart

Dark Passage (em português europeu: O Prisioneiro do Passado; em português do Brasil: Prisioneiro do Passado; em francês: Les Pasasagers de la Nuit[1]) é um filme estadunidense de 1947, dirigido por Delmer Daves e estrelado por Humphrey Bogart e Lauren Bacall.

Considerado um dos clássicos do film noir, o drama é baseado na novela homônima de David Goodis, que recebeu US $ 25.000,00 pelos direitos da obra. A Warner Bros, detentora dos direitos, produziu e lançou o filme numa première, na cidade de Nova York, no dia 5 de setembro de 1947. O lançamento, em circuito nacional, ocorreu em 27 de setembro de 1947. Em Portugal, foi lançado no dia 5 de fevereiro de 1949.

É um dos primeiros filmes a utilizar a técnica da "câmera subjetiva" no cinema norte-americano. A técnica consiste em cenas filmadas na perspectiva do olhar do personagem para o ambiente em que está. Isto foi necessário para não revelar a fisionomia de Vincent Parry (interpretado por Humphrey Bogart) antes da cirurgia plástica que modificou traços do seu rosto[2][3].

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Vincent Parry, um homem condenado por matar sua esposa, escapa da prisão a fim de provar sua inocência. Para não voltar à cadeia, faz uma cirurgia plástica para modificar o rosto, e quando está se recuperando da cirurgia, é ajudado por Irene Jansen, apaixonando-se pela mulher.

Agora, Vincent Parry tem uma grande dúvida em sua vida: ou foge do país para viver um grande amor com Irene, ou fica na cidade para descobrir quem é o verdadeiro assassino de sua esposa.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências