Dedo I, Conde de Wettin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde novembro de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dedo I
Conde de Wettin
Consorte de Thietberga da Marca do Norte
Descendência Teodorico II
Dinastia Wettin
Nascimento 950
Morte 13 de novembro de 1009
Pai Teodorico I de Wettin
Mãe Jutta de Merseburg

Dedo I, Conde de Wettin (n. 950 – 13 de novembro de 1009), também conhecido como Dedo I de Wettin, era filho de Teodorico I de Wettin e Jutta de Merseburg.

O jovem Dedo passou sua infância com seu parente Rikdag, Marquês de Meissen, Zeitz e Merseburg, e era, portanto, intimamente relacionado com um dos homens mais influentes da Saxônia Oriental. Dedo casou-se com Thietburga, filha de Dietrich de Haldensleben, Marquês da Marca do Norte.

Entre os anos 974 e 985 Dedo I esteve envolvido na rebelião do duque Henrique II da Baviera contra o imperador Otão II e também contra seu filho Otão III até junho de 985, quando os duques bávaros foram finalmente subjugados em Frankfurt.

Em 976, Dedo comandou um exército boêmio, conquistou a Marca de Zeitze roubou a igreja do bispo. Alega-se que ele tomou sua própria mãe como prisioneira.

Dedo aparentemente tinha uma boa relação com o arcebispo Giselher de Magdburg, que o ajudou a obter direitos comutativos em Hassegau do norte. Além disso, Dedo reclamou com sucesso o Castelo de Zörbig para si e para seu irmão Frederico.

Os anos anteriores a morte de Dedo foram ofuscados por uma rivalidade com os condes de Walbeck. Quando seu sogro foi deposto do título deMarquês da Marca do Norte, Dedo reclamou o título para si. Mas o título foi concedido a Lothair, Conde de Derlingau e Nordthüringgau. Lothair governou a Marca do Norte de 983 a 1003.

O bispo Dietmar de Merseburg, sobrinho de Lothair, diz em sua crônica que Dedo estava envolvido na devastação do castelo de Wolmirstedt na época sob a posse dos Condes de Walbeck. A disputa de Dedo com a Casa de Walbeck prosseguiu com o filho e sucessor de Lotahir, Werner von Walbeck (1003-1009;1014). Dedo foi morto por Werner no dia 13 de novembro de 1009, juntamente com seus vassalos perto de Mose, na confluência dos rios Tange e Elba.

Dedo e Thietburga de Haldensleben foram pais de:

Referências

  1. «Katalog der Deutschen Nationalbibliothek». portal.dnb.de (em alemão). Consultado em 17 de outubro de 2017 
  2. https://viaf.org/viaf/81475789/